Horário de abertura da 2ª fase do JEMG 2015 é antecipado

26/05/2015 8:10

jemg

Marcada para acontecer na tarde desta terça-feira (26), a abertura da 2ª etapa dos Jogos Escolares de Minas Gerais (JEMG) foi antecipada para as 09h. O local permanece o mesmo: o Ginásio Poliesportivo Rodrigo Flores Abreu (Rodrigão). Esta é a fase microrregional do evento, que reúne 813 municípios inscritos e mais de 2.500 escolas.

A competição acontece em 53 sedes de várias regiões do estado e Muriaé é uma delas. No período de 26 a 30 de maio, 21 escolas, representando 13 municípios da região, competem nas modalidades de futsal, handebol, vôlei e xadrez. Os municípios participantes da etapa microrregional em Muriaé são: Antônio Prado de Minas, Barão de Monte Alto, Eugenópolis, Laranjal, Miradouro, Miraí, Muriaé, Patrocínio do Muriaé, Rosário da Limeira, Santana de Cataguases, São Francisco do Glória, São Sebastião da Vargem Alegre e Vieiras.

O Minas Olímpica/Jogos Escolares de Minas Gerais (JEMG) é o maior e o mais importante programa esportivo-social do Estado. Participam do JEMG alunos-atletas do ensino fundamental e médio, dos 853 municípios mineiros. Os Jogos acontecem em quatro etapas (municipal, microrregional, regional e estadual), em dois módulos. Módulo I, com alunos de 12 a 14 anos e Módulo II, de 15 a 17 anos.

As modalidades disponíveis no JEMG são: atletismo, atletismo PCD, badminton, basquete, bocha, ciclismo, futsal, futebol de 5 (masculino), futebol de 7 (masculino), ginástica artística, ginástica rítmica (feminino), ginástica de trampolim, goalball, handebol, judô, judô PCD, luta olímpica, natação, natação PCD, peteca, tênis de mesa, tênis de mesa PCD, tênis em cadeira de rodas, voleibol, voleibol de praia, voleibol sentado e xadrez, nos naipes masculino e feminino.

Conferência Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência acontece na terça-feira

25/05/2015 12:06

Acontece nesta terça-feira (26), no Teatro Zaccaria Marques (Fundarte), a “IV Conferência Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência”. O evento é uma realização do Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência, em parceria com a Secretaria de Desenvolvimento Social.

Para este ano, o tema escolhido foi: Os Desafios na Implementação da Política da Pessoa com Deficiência: a Transversalidade como Radicalidade dos Direitos Humanos”.

A conferência começa às 08h e segue até 11h30, com pausa para almoço e retorno às 13h. O final está programado para 17h. O evento é gratuito e aberto a toda população. Haverá certificação para os participantes.

Secretaria de Defesa Social anuncia 4 mil vagas no sistema prisional

25/05/2015 11:51

O secretário de Estado de Defesa Social, Bernardo Santana, afirmou, na última semana, em audiência pública na Comissão de Segurança Pública da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), que o Governo de Minas Gerais tem como meta a criação de 3,5 mil a 4 mil vagas para presos nos próximos seis meses. A reunião foi realizada para debater o déficit de 26 mil vagas no sistema prisional do Estado.

Segundo Santana, a quantidade anunciada permitirá que o sistema prisional resolva emergencialmente o quadro de superlotação herdado do governo anterior: “É para conseguirmos fazer o sistema prisional girar e, aí sim, implantarmos um planejamento de longo prazo, com aumento de vagas e melhoria da gestão”, afirmou o secretário.

Além disso, Santana apontou a meta traçada pelo Governo do Estado para que, nos próximos quatro anos, sejam viabilizadas 15 mil novas vagas no sistema, número que é praticamente o mesmo gerado pelas obras de ampliação e construção de unidades no período de 2003 a 2014.

Força-tarefa

Outro ponto apresentado à comissão por Santana foi a criação da força-tarefa para revitalização do sistema prisional. No início desta semana, já houve a primeira reunião do grupo, formado para agilizar providências que envolvam orçamento, fluxo financeiro, projetos de engenharia e articulação com outras instituições, entre outros temas estratégicos.

Segundo o secretário, a força-tarefa terá três estágios de ações: diálogo com o Poder Judiciário para obter a desinterdição de algumas unidades prisionais importantes para o equilíbrio do sistema; a retomada da construção e ampliação de presídios e centros socioeducativos que foram paralisadas no ano passado por falta de pagamento; e, por fim, a identificação e reforma de carceragens desativadas no interior, principalmente.

Presídio de Açucena

Já como resultado da força-tarefa, entrou em operação, no último dia 21, a primeira nova instalação prisional no Governo Fernando Pimentel. Localizada no município de Açucena, no Vale do Rio Doce, com capacidade para 80 detentos, a edificação estava ociosa e faz parte do esforço da Seds para identificar prédios públicos no interior que possam ser incorporados ao sistema prisional do Estado. O imóvel, que foi adaptado para receber detentos, já funcionou em anos anteriores como cadeia pública e centro de internação provisória para adolescentes em conflito com a lei.

Nos próximos dias, a Seds assumirá a cadeia de Bicas, na região de Juiz de Fora, que hoje também está ociosa. O local também terá capacidade para 80 presos.

A unidade de Açucena irá funcionar como anexo do Centro de Remanejamento do Sistema Prisional (Ceresp) de Ipatinga. Cerca de 60 presos já foram transferidos para o local e terão atendimento jurídico, psicossocial e médico.

PM prende homem que atirou contra o irmão

25/05/2015 11:37

A Polícia Militar de Muriaé prendeu em flagrante, na noite de domingo (24), na Rua 1º de Maio, no Bairro Gaspar, um homem de 40 anos, que atirou contra o próprio irmão, acertando-o no abdômen e em uma das pernas.

O suspeito tentou se esconder em um imóvel e tentou se desfazer do revólver calibre 32, jogando-o em poço de peixes que fica no quintal da casa, mas foi capturado pela PM. Os bombeiros localizaram a arma, que apresentava uma munição intacta e duas deflagradas.

Populares que testemunharam a tentativa de homicídio levaram a vítima para atendimento no Hospital São Paulo.

Após autuado pela Polícia Civil, o autor foi encaminhado ao Presídio Municipal.

Fotos: Silvan Alves

Inscrições para Enem começam nesta segunda-feira

25/05/2015 11:17

Começaram hoje e seguem até 05 de junho as inscrições para a edição de 2015 do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Os candidatos devem ficar atentos ao preenchimento correto de dados no site do Enem e pagar uma taxa de inscrição no valor de R$ 65,00.

Além de ser usado para avaliar a qualidade do ensino médio e as habilidades dos estudantes, o Enem também serve para conseguir uma bolsa do Programa Universidade para Todos (ProUni), entrar na universidade pública pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu) e obter o Financiamento Estudantil do FIES, entre programas de acesso ao ensino superior e técnico.

Para fazer sua inscrição no Enem, siga o passo a passo:

1- Acessar o portal do Enem na internet: enem.inep.gov.br;

2- Informar CPF, dados pessoais e dados sobre a escola onde concluirá o ensino médio;

3- Selecionar o município onde fará a prova do Enem (local de prova);

4 – Confirmar o cadastro;

5- Pagar a taxa de inscrição.

O pagamento fundamental para confirmar a inscrição no Enem e os candidatos devem imprimir o boleto a partir do site de inscrição para pagamento no banco. É importante fazer esse pagamento o quanto antes, pois o prazo costuma acabar logo após as inscrições.

Alunos de escolas públicas e estudantes de baixa renda não precisam fazer o pagamento da taxa. Estudantes que estiverem concluindo o ensino médio em escolas públicas devidamente declaradas no Censo Escolar da Educação Básica estão automaticamente isentos da taxa de inscrição.

Já os estudantes de baixa renda precisam fazer o pedido de isenção da taxa, preencher o formulário de “carência socioeconômica” e cumprir alguns requisitos. Para conseguir a isenção, o estudante precisa ter cursado todos os três anos do ensino médio em escolas públicas (ou como bolsistas integrais em escolas privadas) e ter renda familiar mensal de até um salário mínimo e meio por pessoa.  Não é necessário apresentar documentos na hora de se cadastrar par a isenção, mas é importante certificar-se de que pode comprovar os requisitos, pois o Inep pode solicitar a documentação a qualquer momento.

Provas e Resultado

O Enem acontece nos dias 24 e 25 de outubro (sábado e domingo), tem 180 questões objetivas e uma prova de redação. Os portões dos locais de prova abrem ao meio-dia e fecham às 13h (horário de Brasília).

– Prova do primeiro dia: o candidato tem 4 horas e 30 minutos para resolver 45 questões objetivas de Ciências Humanas, 45 questões de Ciências da Natureza e preencher o cartão-resposta;

– Prova do segundo dia: o candidato tem 5 horas e 30 minutos para resolver 45  questões objetivas de Linguagens e Códigos, 45 questões de Matemática, elaborar a redação dentro do tema proposto, preencher o cartão-resposta e passar a redação para a folha de redação.

Para poder fazer a prova do Enem, é obrigatório apresentar um documento de identificação original com foto e dentro da validade. São aceitos os seguintes documentos: RG expedido pelas Secretarias de Segurança Pública, Polícia Militar, Polícia Federal, ou Forças Armadas; Identidade expedida pelo Ministério da Justiça para estrangeiros; Identificação fornecida por ordens ou conselhos de classes que tenham validade como documento de identidade por lei; Carteira de Trabalho e Previdência Social, emitida após 27 de janeiro de 1997; Certificado de Dispensa de incorporação; Certificado de Reservista; Passaporte; Carteira Nacional de Habilitação com fotografia, na forma da Lei nº 9.503, de 23 de setembro de 1997; Identidade funcional de acordo com o Decreto no 5.703, de 15 de fevereiro de 2006.

Para fazer a prova, o candidato só pode levar caneta esferográfica de tinta preta, fabricada em material transparente.

O resultado do Enem 2015 deve ser consultado também pela internet, na página oficial do exame, onde o candidato deve consultar o Boletim de Desempenho Individual. Nesse boletim, aparece a pontuação do candidato para cada uma das quatro provas objetivas e a nota final da redação.

A divulgação dos resultados do Enem costuma ser feita entre os últimos dias de dezembro e as primeiras semanas de janeiro do ano seguinte.

PM leva orientações sobre saúde bucal às crianças e adolescentes do SCFV do São Joaquim

25/05/2015 10:39

Cerca de 110 crianças e adolescentes que fazem parte do “Projeto Boas Novas”, no Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV) do Bairro São Joaquim, receberam, na última semana, orientações sobre a importância da saúde bucal.

O assunto foi tema de uma palestra ministrada por representantes do 47º Batalhão da Polícia Militar de Muriaé, em parceria com o SCFV. Durante o encontro, foram abordados os cuidados diários com a boca, como a escovação, o uso correto do fio dental, e a necessidade das visitas ao dentista – fundamentais para que as cáries e doenças gengivais possam ser evitadas.

Ao final do encontro, os alunos receberam kits de higiene bucal e limpeza dos dentes.

Minas Gerais ocupa 22ª posição no ranking de mortes por acidente de motocicletas

25/05/2015 9:44

A cada ano, cerca de 45 mil pessoas perdem suas vidas em acidentes de trânsito no Brasil. A violência envolvendo particularmente motociclistas está se tornando uma epidemia no país. Minas Gerais ocupa a 22ª posição no ranking de mortes por acidentes de motocicleta, com taxa de mortalidade de 4,1 para cada 100 mil habitantes. Entre 2002 e 2012, este número cresceu 195,3%. No Brasil, o índice é de 6,3 mortes por 100 mil habitantes. Dados preliminares do Ministério da Saúde apontam que, em 2013, os acidentes com motos resultaram em 12.040 mortes, o que corresponde a 28% dos mortos no transporte terrestre. Em Minas Gerais, foram 842 mortes em 2013.

Nos últimos seis anos, as internações hospitalares no Sistema Único de Saúde (SUS) envolvendo motociclistas tiveram um crescimento de 115% e o custo com o atendimento a esses pacientes de 170,8%. Em Minas Gerais, foram 10.628 internações em 2014, representando um gasto de R$ 17 milhões.

Diante desse cenário, o Ministério da Saúde está propondo uma série de ações intersetoriais, que deverão envolver outras esferas do Governo Federal, governos estaduais e municipais, para promoção de uma política específica de prevenção aos acidentes com motos.

Na última semana, o ministro da Saúde, Arthur Chioro, apresentou algumas das iniciativas em discussão durante a 68ª Assembleia Mundial da Saúde, em Genebra: “Não dá mais para não agir na dimensão preventiva dos acidentes com motos. É preciso propor novas medidas e elevar essa discussão a um problema de saúde pública. Algumas propostas em estudo são a obrigatoriedade de apresentação da habilitação no momento da compra da moto, por exemplo, e a possibilidade de financiamento do capacete como um EPI (Equipamento de Proteção Individual), possibilitando a venda do item de segurança junto do veículo”, exemplificou o ministro da Saúde, Arthur Chioro.

Em novembro, o Brasil sediará o “2º Road Safety”, Conferência Global de Alto Nível sobre Segurança no Trânsito, com o objetivo de repactuar metas e traçar novas estratégias do governo e da sociedade para garantir a segurança da população e salvar milhões de vidas. “Uma constatação que observamos no Brasil, e que já vimos em outros lugares do mundo, é a redução do número de atropelamentos e acidentes de carro e o aumento de acidentes de motos. A moto está substituindo a bicicleta e o cavalo e também vem sendo utilizada como um instrumento de trabalho”,observou o ministro.

Segundo o Sistema de Informações sobre Mortalidade do Ministério da Saúde, o Brasil registrou 4.292 mortes de motociclistas em 2003, número 280% menor do que o registrado 10 anos depois (12.040). Parte do aumento de acidentes envolvendo motos se deve ao crescimento vertiginoso da frota no país. Entre 2003 e 2013, o número de motocicletas aumentou 247,1%, enquanto a população teve um crescimento de 11%.

De 2008 a 2013, o número de internações devido a acidentes de transporte terrestre aumentou 72,4%. Considerando apenas os acidentes envolvendo motociclistas, o índice chega a 115%. Em 2013, o SUS registrou 170.805 internações por acidentes de trânsito e R$ 231 milhões foram gastos no atendimento às vitimas. Desse total, 88.682 foram decorrentes de motos, o que gerou um custo ao SUS de R$ 114 milhões – crescimento de 170,8% em relação a 2008. Esse valor não inclui custos com reabilitação, medicação e o impacto em outras áreas da saúde.

Perfil das vítimas

Segundo Sistema de Vigilância de Violências e Acidentes (VIVA 2011), que traça o perfil das vítimas de violências e acidentes atendidas em serviços de urgência e emergência do Sistema Único de Saúde em capitais brasileiras, 78,76% das vítimas de acidente de transporte terrestre envolvendo motociclista são homens, na faixa etária de 20 a 39 anos. Entre os motociclistas ouvidos, 19,6% informaram o uso de bebida alcoólica antes do acidente e 19,7% estavam sem capacete.

Em 2010, o Ministério da Saúde implantou o Projeto Vida no Trânsito com o objetivo de reduzir os casos de mortes e feridos em decorrência de acidentes no trânsito. Entre as ações do projeto está a realização de campanhas educativas e a qualificação dos sistemas de informação sobre acidentes, feridos e vítimas fatais.

Com o banco de dados atualizado, os gestores de saúde podem identificar os fatores de risco e as vítimas mais vulneráveis nos respectivos municípios, assim como os locais onde o risco de acidente é maior. Desde a implantação do projeto, já foram liberados cerca de R$ 41,3 milhões para as atividades. Em 2012, o Ministério autorizou o repasse de R$ 12,8 milhões e, em 2013, foram repassados R$ 13,5 milhões para as capitais dos 26 estados e o Distrito Federal.

Agência de Saúde MG

Bloco de Moda – Por Wagner Penna

25/05/2015 9:05

Civil - Jeans masculino

 PRESTIGIO

A moda mineira está crescendo – e ganhando mercados. O fato é que o prestigio atual da nossa moda já é refletido na procura pelas nossas marcas. Um sinal disso está nas feiras realizadas em todo o país (principalmente São Paulo), onde as grifes mineiras fazem tremendo sucesso. Isso, sem falar no sucesso da nossa feira ‘local’, que é a Minas Trend. O mais curioso é que a fama daqui cresceu tanto que, até mesmo em mercados difíceis como Beagá, a preferência das clientes pelas marcas de Minas está fazendo muita lojista mudar suas araras e colocar o made in Minas por lá. No interior o fenômeno também vem acontecendo. Amém.

JÓIAS RARAS

Vira e mexe a gente fala aqui de algum ‘tapete vermelho’ estendido em alguma parte do planeta para as elegantes (e, na maioria das vezes, nem tanto assim) exibirem suas roupas novas – a maioria só emprestada pelas grandes grifes. Pois, nessa semana, foi a vez de Cannes exibir o seu red carpet por causa do Festival de Cinema. Diz que é o mais bacana de todos e o mais chique – e arrasou mesmo: as jóias (milionárias) chamaram mais atenção que os vestidos, bem como suas ‘molduras’, isto é, os decotes profundos das celebridades onde os diamantes & esmeraldas pousaram. Mas o tititi maior foi por causa do salto alto, que (agora) a turma diz ser obrigatório. Marketing à parte, todo disse-me-disse vale no assunto.

FAST-FASHION

Diz o ditado que na vida tudo tem seus dois lados – e na moda não é diferente. O fato é que algumas confecções dos pólos de moda do interior mineiro tem sido procuradas pelas grandes redes de varejo fashion (o chamado fast-fashion nacional) para produzirem aqui o que não podem mais fazer lá fora , por causa do dólar caro. A turma gosta, mas procura analisar tudo direitinho porque, se o dólar baixar, ficam com as calças nas mãos, literalmente. Como já houve caso de um pólo inteiro se quebrar por causa de situação parecida, há alguns anos atrás, antes de pegar o trabalho querem mais garantias. Sem contar que, agora, o risco é ainda maior – por causa do (prevista) falta de tecidos por aqui. Todo cuidado é pouco.

VAIVÉM

  • A próxima semana dos negócios em moda,  será marcada pelo Salão +B, que é realizado em São Paulo (26 a 28 de maio) sobre os auspícios da Abest. Diz que é só moda autoral e com conteúdo criativo. Ah! bom, deve ser por isso que não tem nomes conhecidos na lista de expositores ***
  • Minas marcou mais um belo tento na cena fashion nacional. As indicadas pelo Sebre-MG para o programa de aperfeiçoamento entre a entidade e o In-MOD (instituto ligado à SPFW) foram aprovadas. São elas a Green Co. e a Jardin com a feliz seleção  da dinâmica Denize Pinho. No total são cinco e temos duas. Uau! ***
  • Membro de uma das famílias mais tradicionais na pronta-entrega de moda de Beagá, o Pedro Rabello está dando um up grade na Civil – com propostas masculinas bacanas. A coleção de inverno tem de alfaiataria até bermudas, passando por t-shirts, jeans e outras peças com muito estilo. Vale conferir ****

PONTO FINAL. A moda de luxo já não é mais a mesma. Situadas entre as 10 mais valiosos do mundo em outras ocasiões, desta vez as marcas de luxo da moda mundial conseguiram sua melhor posição no 14º lugar – que ficou com a Louis Vuitton. Depois, pulou para a 32ª posição com a Gucci e foi decrescendo – totalizando 12 representadas entre as 100 mais valiosas da revista Forbes. Duas curiosidades: 1) a H&M (gigante sueca do fast-fashion, isto é, moda mais barata, em 33º. lugar) vale só um pouco menos que a luxuosa Gucci; 2) o dono da Zara (outro gigante do fast-fashion, só que espanhola) continua entre os 10 homens mais ricos do mundo, embora sua empresa não esteja entre as 10 mais valiosas.