Campanha de negociação de dívida é prorrogada

02/12/2016 12:34

energisa-conta-foto-o-vigilante-online

Mais uma oportunidade para os clientes Energisa negociarem suas contas de energia em atraso

Até o dia 16 de dezembro, os consumidores com conta em atraso há mais de 30 dias encontrarão facilidades no pagamento, por meio de uma negociação personalizada e com uma série de benefícios. Durante este período, o cliente terá isenções de todas as taxas financeiras, ou seja, não pagarão multa, mora, juros de financiamento e correção monetária. E ainda poderão dividir em até oito parcelas.

As vantagens serão oferecidas para clientes residenciais, comerciais, industriais e rurais em todos os postos de atendimento da área de concessão da Energisa.

O responsável pela Unidade Consumidora deverá comparecer à agência de atendimento presencial e apresentar os seguintes documentos originais: carteira de identidade, CPF e a conta de energia elétrica ou o número do medidor.

Mantenha sua conta em dia. Compareça à Agência ou Posto de Atendimento mais próximo e aproveite as facilidades.

Lembre-se: a Energisa está disponível 24 horas por dia para atendê-lo. Pelo Call Center 0800 032 0196, pelas redes sociais Facebook e Twitter e pelo site www.energisa.com.br.

Semáforo da Casa de Saúde começa a funcionar em 10 dias

02/12/2016 12:21

semaforo-jk-casa-de-saude

Demuttran pede atenção redobrada a motoristas e pedestres que trafegarem pelo local. Linhas e pontos de ônibus também terão alterações

O Departamento Municipal de Transportes e Trânsito (Demuttran) informa que o conjunto semafórico instalado na interseção da Avenida Juscelino Kubitschek com a Rua Efigênia de Freitas Silva e com a ponte da Casa de Saúde entrará em funcionamento dentro de 10 dias. Com a novidade, a partir de 12 de dezembro, o local terá novas regras para fluxo de veículos – resumidamente, todas as conversões à esquerda serão proibidas – enquanto seis linhas de ônibus terão mudanças em seus itinerários.

O órgão já tem preparado o plano para gerenciamento e redução dos impactos causados pela alteração do fluxo. Nos próximos dias, cinco faixas serão colocadas nos arredores do local, a fim de orientar os motoristas sobre as modificações. Nos pontos de ônibus que serão desativados, monitores do Demuttran ficarão a postos para distribuir panfletos com detalhes sobre as mudanças, bem como para orientar os usuários do transporte coletivo urbano.

O diretor do Demuttran, Mário Brambila, pede que a população respeite à risca a nova sinalização, especialmente durante o período de adaptação, para que a segurança de todos possa ser garantida. “Pedimos atenção redobrada aos motoristas que passarem pela área dos novos semáforos. Aos pedestres, solicitamos que a travessia seja feita sempre no local demarcado e somente quando a indicação luminosa permitir”, destaca.

Conheça as mudanças que serão válidas a partir de 12 de dezembro:

AVENIDA JK EM DIREÇÃO À BARRA
O motorista terá a opção de seguir em frente, na própria Avenida JK, ou de virar à direita na ponte da Casa de Saúde. Não será mais permitido convergir à esquerda para subir a rua Efigênia de Freitas Silva – para isso, será necessário fazer o retorno na rotatória localizada em frente ao Centro Administrativo.

AVENIDA JK EM DIREÇÃO AO PORTO
Quem vai da Barra para o Centro, Rosário ou Porto pela Avenida JK poderá seguir em frente na mesma via ou fazer a conversão à direita, na rua Efigênia de Freitas Silva. A conversão à esquerda, para a ponte da Casa de Saúde, se torna proibida a partir do dia 12/12.

PONTE DA CASA DE SAÚDE
Ao sair do bairro Coronel Izalino, os motoristas poderão seguir apenas em frente, subindo a rua Efigênia de Freitas, ou virar à direita na Avenida JK, em direção à Barra.

RUA EFIGÊNIA DE FREITAS SILVA
Os veículos que descerem por esta via após passarem pelo semáforo próximo ao restaurante Deck poderão seguir pela ponte da Casa de Saúde em direção à Gávea ou convergir à direita, pela Avenida JK, em direção ao Porto. A conversão à esquerda, em direção à Barra, se torna proibida.

LINHAS DE ÔNIBUS
Os ônibus das linhas AEROPORTO, CIRCULAR, FAMINAS ESPECIAL, JOÃO XXIII, PLANALTO E SANTANA deixarão de subir pela rua Efigênia de Freitas Silva e passarão a seguir seu itinerário diretamente pela Avenida JK. Os pontos de parada nas imediações do semáforo estão localizados em frente ao portão de fundos da Escola São Paulo e, mais acima, em frente ao UAI.

PONTOS DE ÔNIBUS DESATIVADOS
Com as mudanças, os pontos de ônibus localizados na Praça Coronel Pacheco de Medeiros (próximo à banca de jornais) e na Avenida Constantino Pinto (pouco após a Rádio Muriaé) serão desativados. Assim, os usuários das linhas informadas no tópico anterior poderão passar a esperar pelos coletivos nos pontos existentes na Avenida JK.

Confira as ações da Câmara Municipal

01/12/2016 16:00

15253386_1704794233171272_716114226403001933_n


MURIAÉ TEM SUA ÁREA URBANA AMPLIADA

O perímetro urbano de Muriaé passou por uma ampliação aprovada na Câmara Municipal por meio da Lei Nº 5344/2016 a fim de que a região localizada nas proximidades do presídio possa receber a construção de duas novas empresas na cidade, sendo uma no segmento automotivo com desmontagem e reciclagem de peças automotivas e, a outra, na revenda de peças automotivas remanufaturadas/usadas. As duas novas empresas abrem novas perspectivas de surgimento de mais postos de trabalho em Muriaé nos próximos anos. Além disso, a ampliação do perímetro urbano proporciona melhores condições de crescimento urbano de Muriaé, numa região onde já se tem instalado nas proximidades vários empreendimentos significativos, como o SESC, o Estádio de Futebol Soares de Azevedo, do Nacional, dentre outros.

PRÓXIMA SESSÃO ORDINÁRIA SERÁ ALTERADA DEVIDO À DIPLOMAÇÃO DOS ELEITOS

Devido à diplomação dos vereadores eleitos para 2017, que coincide com o dia da sessão ordinária da Câmara de Muriaé, que ocorre todas as terças, à 18h30, excepcionalmente na próxima semana a reunião habitual será realizada na quarta-feira, dia 07, às 14h. A decisão foi tomada pelos vereadores em conjunto no plenário da Câmara na última reunião realizada no dia 29/11

Escala de pagamento do IPVA 2017 começa no dia 9 de janeiro

01/12/2016 12:57

content_ipva_escala

Em média, imposto teve redução de 4,4% na base de cálculo, e contribuinte que quitar à vista terá 3% de desconto. Pagamento já pode ser efetuado

A escala de pagamento do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) 2017 começa no dia 9 de janeiro, em Minas Gerais, para os finais de placa 1 e 2. Os vencimentos da primeira parcela ou da cota única (com desconto de 3%) seguem nos dias 10 (finais de placa 3 e 4), 11 (5 e 6), 12 (7 e 8) e 13 (9 e 0). A escala se encerra em 15 de março.

O valor total do IPVA emitido para 2017 é de R$ 4,6 bilhões, um incremento de R$ 240 milhões (5,46%), em relação a 2016. A frota também aumentou, no mesmo período, em 337 mil veículos (3,72%), totalizando 9,4 milhões – emplacados até 14 de outubro de 2016.

Os contribuintes podem consultar os valores a pagar informando o número do RENAVAM ou Marca/Modelo no site da Secretaria de Estado de Fazenda de Minas Gerais (SEF/MG), pelo telefone 155 do LIGMINAS ou no aplicativo IPVA-MG, para smartphones e tablets, disponível para baixar gratuitamente nas versões IOS, Android e Windows Phone.

Em comparação com 2016, houve redução média de 4,4% da base de cálculo adotada (confira tabela no Diário Eletrônico/SEF-MG), elaborada por técnicos da Secretaria de Fazenda com referência no valor venal da frota, subsidiada por pesquisa de mercado da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe/USP).

Pagamento
O pagamento do IPVA 2017 já poderá ser feito a partir de 1º de dezembro de 2016, diretamente nos terminais de autoatendimento ou guichês dos agentes arrecadadores autorizados, bastando informar o número do RENAVAM do veículo.

Os agentes arrecadadores autorizados a receber os tributos são: Banco do Brasil, Mais BB, Banco Postal, Bradesco, Itaú-Unibanco, Mercantil do Brasil, Caixa Econômica Federal, Casas Lotéricas, Santander e SICOOB.

O contribuinte que preferir emitir a guia de arrecadação poderá retirá-la pelo site da SEF/MG ou pessoalmente nas Repartições Fazendárias ou Unidades de Atendimento Integrado (UAI).

Quem adquiriu veículo zero quilômetro ou transferido de outro estado depois do dia 14 de outubro só consegue quitar o imposto antecipadamente, de hoje até 31 de dezembro, retirando a guia de recolhimento.

Isso porque a base de dados foi enviada aos bancos anteriormente ao dia 14 de outubro. No entanto, a partir de 1º de janeiro de 2017, o banco de dados estará atualizado e o pagamento poderá ser feito normalmente nos caixas eletrônicos e agentes bancários, sem a necessidade da guia.

O não pagamento do IPVA 2017 nos prazos estabelecidos gera multa de 0,3% ao dia (até o 30º dia), e de 20% após o 30º dia. Os juros são calculados sobre o valor do imposto ou das parcelas, acrescido da multa, pela taxa referencial do Sistema Especial de Liquidação e Custodia (Selic).

O subsecretário da Receita Estadual, João Alberto Vizzotto, ressalta a vantagem de o cidadão quitar o imposto dentro do prazo, para evitar as multas e os juros, além das consequências oriundas da cobrança, podendo chegar a protesto cartorial. “O Estado não deseja receber tributos com multas e juros, porque não é isso que faz a sua receita. Sabemos das dificuldades que o país está passando, mas recomendamos o pagamento em dia para evitar os transtornos para o contribuinte e para que o Estado possa cumprir os seus compromissos e devolver à sociedade os benefícios que ela merece”, afirmou.

Destinação da receita

Vizzotto destaca ainda que os recursos do IPVA não têm vinculação com a aplicação em trânsito, como muitos acreditam. Ele explica que o dinheiro arrecadado com o tributo vai para o caixa único do Estado, podendo ser investido em saúde, educação, habitação, segurança e, inclusive, trânsito e transporte, dentre outras áreas.

Do total do valor apurado com o IPVA, 20% são repassados ao Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais de Educação (Fundeb); 40% ao caixa único do Estado e 40% para o município de licenciamento do veículo.

Taxa de Licenciamento
A Taxa de Renovação do Licenciamento Anual de Veículo (TRLAV) é de R$ 92,66, com vencimento em 31 de março de 2017. O valor total emitido da TRLAV é de R$ 881 milhões, um aumento de R$ 94 milhões (11,95%) em relação a 2016.

O vencimento da TRLAV será no próximo dia 31 de março e, assim como o IPVA 2017, a taxa poderá ser paga já a partir de 1º de dezembro de 2016, diretamente nos terminais de autoatendimento ou guichês dos agentes arrecadadores autorizados.

Para a TRLAV, a multa por atraso é de 0,15% ao dia (até o 30º dia), 9% do 31º até o 60º e 12% a partir do 61º dia. Os juros também são calculados pela taxa referencial do Sistema Especial de Liquidação e Custodia (SELIC).

Alerta
O subsecretário João Alberto Vizzotto alerta aos cidadãos que a Secretaria de Fazenda não envia para os contribuintes nenhum tipo de boleto do IPVA por Correios, e-mail, SMS ou redes sociais, como Whatsapp. “Se alguém receber esse tipo de cobrança deve ignorar, pois, caso pague, não estará pagando à Secretaria de Fazenda”, afirmou.

IMA abre processo seletivo para engenheiro agrônomo e médico veterinário

30/11/2016 12:58

content_quadro

São 43 vagas temporárias para Belo Horizonte e interior do estado. Inscrições podem ser realizadas a partir de 12 de dezembro

A Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa) abriu processo seletivo para contratação temporária de 43 fiscais agropecuários para a prestação de serviços no Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA). São 35 vagas para médicos veterinários – inspeção sanitária animal – e oito para engenheiros agrônomos – defesa sanitária vegetal. O edital foi publicado na edição desta terça-feira (29/11) do Diário Oficial de Minas Gerais.

A inscrição é gratuita e poderá ser realizada no período de 12/12/16 a 27/12/16 com o envio do currículo e da documentação necessária para a sede do instituto na Cidade Administrativa, em Belo Horizonte, conforme especificado no edital. A carga horária de trabalho é de oito horas diárias, totalizando 40 horas semanais, e o salário de R$ 2.983,31. Dentre os pré-requisitos, o candidato deve ter escolaridade mínima de nível superior completo, ser habilitado na categoria B e apresentar registro no conselho de classe competente.

O diretor-geral do IMA, Marcílio de Sousa Magalhães, ressalta a importância do processo seletivo para a contratação de novos profissionais que irão reforçar o trabalho do IMA em todo o estado. “A abertura desse processo seletivo permitirá a reposição de servidores cujos contratos foram encerrados em outubro deste ano e contribuirá para a redução de riscos sanitários advindos da ausência de inspeção, principalmente em estabelecimentos de abate”, enfatiza.

Etapas do processo seletivo
O processo seletivo será composto de análise de currículo e entrevista – não haverá provas. Após a análise de currículo, a classificação dos candidatos será divulgada no site do IMA. Para a entrevista serão convocados os candidatos classificados com maior pontuação, em até três vezes o número de vagas ofertadas. Para ser considerado habilitado nesta etapa o candidato deverá alcançar, no mínimo, 60% da pontuação.

O aprovados vão realizar atividades no IMA pelo prazo de três anos, prorrogáveis por mais três. Informações sobre o processo seletivo, como as regras para envio do currículo e comunicação das datas e locais das entrevistas, estarão disponíveis do site do IMA (www.ima.mg.gov.br) a partir de 12 de dezembro.

Milhares de fieis se reúnem para celebrar a Primeira Missa da Medalha Milagrosa, na Terra da Santa, em Fervedouro

28/11/2016 13:59

 

whatsapp-image-2016-11-28-at-13-48-35

whatsapp-image-2016-11-28-at-13-48-31

15232261_1639526523014260_2153152756236478250_n

whatsapp-image-2016-11-28-at-13-48-54

whatsapp-image-2016-11-28-at-13-48-54-2

whatsapp-image-2016-11-28-at-13-48-53

whatsapp-image-2016-11-28-at-13-48-45

whatsapp-image-2016-11-28-at-13-48-39

whatsapp-image-2016-11-28-at-13-48-36

whatsapp-image-2016-11-28-at-13-48-39-1

whatsapp-image-2016-11-28-at-13-48-47

A Fazenda Boa Vista, em Capanema, distrito de Fervedouro (a 50 km de Muriaé), ficou movimentada no último domingo, 27 de novembro, pois milhares de fieis católicos se reuniram em peregrinação, próximo a uma mina para celebrar a Primeira Missa na Terra da Santa. No local, reside o operador agrícola Roberto de Lima Valentim, de 48 anos, que afirma ver e conversar com Nossa Senhora das Graças, conhecida como “a Santa dos Milagres”.

De acordo com Roberto, a própria Santa teria se identificado para ele. “Em um dia de serviço, eu trabalhava roçando com um trator e tudo fluía naturalmente, até a hora em que não consegui roçar um certo local – o trator parava ou se jogava para o lado. Desci para ver o que havia e foi quando me deparei com a 1ª aparição: ela, toda de branco, na minha frente. Dei Graças!”, relata o operador agrícola.

Ele conta que as aparições foram se tornando constantes, mas que, quando tentava algum tipo de comunicação, a Santa sumia. “Procurei fundamentos com os vizinhos mais velhos, ouvi muitas histórias e me incentivaram a perguntar quem ela era”, completa.

Em 19 de novembro do ano passado, enquanto passava pela propriedade onde a imagem surgia, Roberto encontrou uma medalha e a guardou. Ao passar pelo local da aparição, avistou duas crianças brincando, bem no meio do mato. “Quando eu disse ‘Nossa Senhora’, as crianças sumiram e a Santa se colocou ao meu lado. Aí eu perguntei seu nome e ela disse que ‘estava em meu bolso’”.

Ao chegar em casa, o operador achou a medalha que havia guardado no bolso: “Com uma lupa improvisada, li a frase ‘Oh Maria concebida sem pecado’”, conta. Roberto e a esposa pesquisaram e descobriram tratar-se da imagem de Nossa Senhora das Graças, festejada em 27 de novembro. Foi então que resolveu fazer uma novena, colocando um copo de água próximo ao local em que rezava. No terceiro dia, viu raios luminosos saindo do copo. “Sempre que faço um pedido, os raios aparecem”, relata.

Após a narração do aparecimento, dezenas de pessoas da comunidade e de outras cidades começaram a acompanhar Roberto até a mina, onde são feitas leituras da Bíblia e Novenas. Muitos seguidores afirmam que já obtiveram milagres e curas. Críticas também surgiram. Pessoas chegaram a dizer que ele estava doente ou com depressão. “Muita gente fala que meu pai está doido, que faz isso pra conseguir dinheiro. Só que não é…”, ressalta a filha, Patrícia Prúcoli.

Ainda no ano passado, durante viagem a Belo Horizonte, Roberto de Lima encontrou um padre e relatou o que vinha lhe acontecendo. O sacerdote incentivou o operador agrícola a divulgar sua missão, dizendo que Nossa Senhora o havia escolhido como intercessor.

Com fé e devoção, Roberto continua visitando o lugar das aparições e, nas tardes de sábado, uma multidão o acompanha, pedindo milagres à Santa. “É o que venho fazendo, divulgo sem medo, levo fieis, rezo e, assim, várias graças já estão sendo concebidas”, ressalta.

Da mina existente no local, sai uma água que, segundo os peregrinos, contém um óleo sagrado. Ali, durante as orações, os fieis fazem questão de encher copos e garrafas. Algumas fotos, mostrando raios luminosos e o que aparenta ser a imagem de uma Santa dentro destes recipientes já foram divulgadas nas redes sociais.

CESEC Bias Fortes homenageia escritor Manoel de Barros em evento literário

28/11/2016 12:49

15183888_1249726048425789_1133764513_o

15225309_1249726045092456_348701265_o

15225146_1249726038425790_1595937381_o

Na última terça-feira (22), foi realizada no CESEC Governador Bias Fortes a 8ª Roda de Leitura da Biblioteca Professor Lúcio José Gusman. O evento, que tem o objetivo de incentivar a leitura e promover a participação dos estudantes e da comunidade escolar em eventos de cunho cultural, celebrou o centenário de nascimento de um dos maiores poetas brasileiros, o mato-grossense Manoel de Barros, falecido em 2014, aos 97 anos. Para homenagear o “poeta do Pantanal”, como Barros também é conhecido, foi escolhido “O Livro das Ignorãças”, publicado em 1993, e tido como a obra mais expressiva do poeta. Contemplado pelo Prêmio Alfonso Guimarães, da Biblioteca Nacional, O Livro das Ignorãças é considerado um ensaio metalinguístico, ou seja, que expõe a construção, a desconstrução e reconstrução da escrita peculiar de Barros, revelando o deleite do poeta ao dominar a palavra e fazer dela seu artefato preferido.

A 8ª Roda de Leitura do CESEC Bias Fortes foi mediada pela professora de língua portuguesa e membra da Academia Muriaeense de Letras (AMLE), Maria Rita Alves, e contou com a participação de estudantes, que declamaram algumas poesias, e a presença de servidores da instituição, da Inspetora Escolar, Inês Leandro, (representando a Superintendência Regional de Ensino) e do vice-presidente da AMLE, Elias Muratori, acompanhado por sua esposa Maria Inês.

O evento fez parte da Semana de Educação para a Vida, proposta da Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais, que visa a trabalhar temas transversais e interdisciplinares, com o intuito de aprimorar a construção de conhecimentos dos estudantes mineiros. A organização da 8ª Roda de Leitura do CESEC foi de responsabilidade da equipe gestora do CESEC (Carmen Lúcia Schelb, Karine Andrade e Cynara Raposo), em parceria com as bibliotecárias Sônia Simão e Cristiana Marliére, e as professoras Cida Braga, Patrícia Ortelan, Thaís Cunha, Josiane Coutinho, Muryelle Campos e Aline Ribeiro.

Por Maria Rita Alves, professora de Língua Portuguesa do CESEC

Espetáculo “Deixa Clarear” homenageia Clara Nunes no  aniversário do Teatro Municipal Belmira Vilas Boas

28/11/2016 12:25

15168642_1175447179206804_8099664042526053479_o
O espetáculo acontece no próximo sábado, dia 03 de dezembro às 20 horas, com entrada franca

Com direção de Isaac Bernat e texto de Márcia Zanelatto o espetáculo musical “Deixa Clarear” já está em cartaz a mais de 01 ano e foi assistida por mais de 40.000 pessoas. A montagem é protagonizada pela jovem atriz Clara Santhana, idealizadora do projeto e apaixonada pela obra da cantora mineira. O espetáculo é o encontro das duas Claras: a atriz e a cantora.

A atriz passeia pelas varias fases da carreira e da vida de Clara Nunes com um repertório composto por grandes compositores, como: João Nogueira, Paulo Cesar Pinheiro, Paulinho da Viola, Candeia, Chico Buarque, Nelson Cavaquinho, entre outros. A música presente atua como uma extensão da cena e as letras também constituem uma dramaturgia.

“Deixa Clarear” visita de forma delicada a memória da Clara Nunes e o universo musical presente em sua trajetória. O objetivo também é incentivar a juventude a valorizar a música brasileira e suas raízes genuínas. “Durante a pesquisa para este trabalho, percebemos que muitos jovens já não conhecem sua música, queremos contribuir para manter acesa a chama de seu repertório, de sua poesia e de suas histórias”, explica Clara Santhana.

A atriz Clara Santhana é dirigida por Isaac Bernat, que recentemente assinou a direção de “Calango Deu” e atua na peça “Incêndios”, a direção musical é de Alfredo Del Penho que participou de musicais como “Gonzagão, A Lenda” e “Sassaricando”. “Transitar pelo universo musical e pela memória de Clara Nunes nos abriu uma imensa possibilidade de olhares sobre o Brasil, bem como sobre o que é ser um artista profundamente envolvido com a sua arte e com seu país”, explica o diretor Isaac Bernat.

Os temas abordados no espetáculo são o amor, a esperança e a luta pela liberdade. “Com esta peça, levamos o colorido de seu riquíssimo universo, propagando seu canto por todos os cantos. Clara Nunes era uma cantora do povo que cantava para o povo e é isso que vamos partilhar no palco!” conclui a atriz.

ÚNICA APRESENTAÇÃO. INGRESSOS SERÃO DISTRIBUIDOS DUAS HORAS ANTES DO ESPETÁCULO

Mais de 40.000 pessoas já assistiram.

Esta é mais uma ação do Projeto Circuito Cultural Grande Hotel Muriahe que é patrocinado pela Votorantim Metais e pela Energisa, através das leis federal e estadual de incentivo à cultura e também pelo FEC – Fundo Estadual De Cultura de Minas Gerais.
A realização deste evento é da Sociedade Musical União dos Artistas, FUNDARTE e Prefeitura de Muriaé.

REPERTÓRIO 
A Deusa dos Orixás – Romildo S. Bastos/ Toninho Nascimento.
Casinha Pequenina – Folclore Popular
Guerreira – João Nogueira / Paulo Cesar Pinheiro
Ouricuri – João do Vale
O Canto das Três Raças – Paulo Cesar Pinheiro e Mauro Duarte
Minha Festa – Nelson Cavaquinho
Tristeza Pé no Chão – Mamão (Armando Fernandes)
Você Passa Eu Acho Graça – Carlos Imperial / Ataulfo Alves
Na Linha do Mar – Paulinho da Viola
Portela na Avenida – Paulo Cesar Pinheiro e Mauro Duarte
Morena de Angola – Chico Buarque
Ê Baiana – Fabrício da Silva/Baianinho/ Ênio Santos/ Miguel Pancrácio
O Mar Serenou – Candeia
Minha Missão – João Nogueira / Paulo Cesar Pinheiro
Um Ser de Luz – João Nogueira / Paulo Cesar Pinheiro/ Mauro Duarte
Mineira – João Nogueira / Paulo Cesar Pinheiro
Juízo Final – Nelson Cavaquinho

Ficha Técnica:

Texto – Marcia Zanelatto
Direção – Isaac Bernat
Direção Musical – Alfredo Del Penho
Direção de Movimento – Marcelle Sampaio

Atuação – Clara Santhana
Percussão – Fogaça
Percussão – Bidu Campeche
Violão/ Cavaquinho – Felipe Rodrigues

Assistência de Direção – Daniel Belmonte
Iluminação – Aurélio de Simoni
Figurino – Desirée Bastos
Cenário – Doris Rollemberg
Programação Visual – Side 2
Vídeo Divulgação – Alexandre Rudah

Idealização: Clara Santhana
Produção local: Claudio Sardenberg
Direção de Produção – Sandro Rabello e Neila de Lucena
Realização: Clara Santhana e Diga Sim! Produções