AMA e APAE realizam Primeiro Simpósio Regional sobre Autismo

16/03/2016 13:49

A Associação Muriaé dos Autistas – AMA, juntamente com a APAE de Muriaé estarão realizando o 1° Simpósio Regional sobre  Transtorno do Espectro do Autismo, em Muriaé.

“A AMA tem trabalhado em parcerias, com o Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência, a CIASDEM, a APAE de Muriaé e a Secretaria Municipal de Esporte, Lazer e Juventude para assegurar os direitos das pessoas Autistas e levar informações. Temos muitas conquistas, duas delas são: a sede da AMA e a criação do Centro de Atendimento Educacional Especializado (CAEE), com o apoio da Prefeitura”, relatou Keyla Soares Silva Fonseca, presidente da AMA.

I SIMPÓSIO REGIONAL FINAL - Cópia

Braulio Braz participa do 20º Simpósio da Cafeicultura das Matas de Minas

16/03/2016 8:00

2 - Braulio Braz participa do 20º Simpósio da Cafeicultura das Matas de Minas

Representando a Assembleia Legislativa de Minas Gerais, o deputado Braulio Braz participou nesta terça-feira (15/03) da solenidade de abertura do 20º Simpósio da Cafeicultura das Matas de Minas, na cidade de Manhuaçu. O evento, que consolidou a região como um dos importantes centros produtores de café do país, é realizado pela Associação Comercial, Industrial e Agronegócios de Manhuaçu (ACIAM) e acontece entre os dias 15 a 18, no Parque de Exposições da Ponte da Aldeia. O objetivo é divulgar resultados de pesquisas e informações sobre cultivo, beneficiamento, qualidade e comercialização de café, além de novidades sobre mercado, tecnologia e marketing do setor cafeeiro por meio de palestras, cursos rápidos, debates e dia de campo.

Ao compor a mesa de honra, o deputado Estadual Braulio Braz enfatizou em seu pronunciamento que Minas Gerais, além de se situar na vanguarda da produção nacional, produz o café que é considerado um dos melhores do mundo: “A região das Matas de Minas Gerais gera 75 mil empregos diretos e mais de 150 mil indiretos, configurando um setor cada vez mais forte, envolvendo pesquisas, melhorias nas técnicas de produção e maior agilidade de vendas. Isto ocorre num contexto internacional que coloca nossa tradicional bebida como artigo de consumo refinado e progressivamente valorizado, na esteira de uma profunda mudança nos hábitos de sua comercialização, desde a apresentação de suas misturas às novas técnicas presentes nas máquinas de preparo final e nas revolucionárias embalagens”.

Em seu discurso, deputado Federal Renzo Braz, também representante da Zona da Mata, se colocou à disposição dos participantes e afirmou que o Brasil precisa da união de todos para voltar a crescer: “A agricultura sustenta o Brasil. E a retomada que precisamos está nas mãos do produtor rural, principal responsável pela engrenagem que movimenta nosso país. Por isso, esse simpósio é tão importante. Estamos todos juntos, representantes dos poderes público municipal, estadual e federal, empresários e produtores. A mudança que precisamos, depende de nós! E eu faço questão de ouvir cada um de vocês. Quero sugestões e opiniões de todos. Também ofereço a minha visão, como deputado, como empresário e como cidadão”.

Além de produtores, industriais, pesquisadores, consumidores e exportadores de café, estiveram presentes as seguintes autoridades: o empresário e presidente da ACIAM, Silvério Afonso; o secretário de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento, João Cruz; o presidente da MGI Participações S/A, Mário Assad Junior; representando o presidente da FAEMG, Dr. João Roberto Pulitti; o fundador do Simpósio de Cafeicultura, Toninho Gama; o presidente da Associação de Cafés Especiais, Alexandre Leitão; a vice-presidente da Aliança Internacional das Mulheres do Café, Cinthia Mattos; diversos prefeitos da região; vereadores; dentre outras.

Vale destacar, que ao longo das últimas duas décadas, a cafeicultura de montanha teve forte incremento de tecnologia e ganhos significativos de qualidade e em produtividade. As Matas de Minas respondem, atualmente, por aproximadamente 25% da produção mineira e 12% da nacional. Nos últimos anos, a qualidade do café produzido na região melhorou sensivelmente, conquistando prêmios nacionais e internacionais.

3 - Braulio Braz participa do 20º Simpósio da Cafeicultura das Matas de Minas

1 -Braulio Braz participa do 20º Simpósio da Cafeicultura das Matas de Minas

Miradouro recebe veículo para a saúde em virtude de indicação feita pelo deputado Braulio Braz  

15/03/2016 21:30

 

1 - Miradouro recebe veículo para a saúde em virtude de indicação feita pelo deputado Braulio Braz

Por meio de uma indicação feita pelo deputado Braulio Braz, o prefeito de Miradouro, Almiro Marques de Lacerda Filho (Mirim), esteve na segunda-feira (14/03), na Cidade Administrativa, para receber das mãos do Governador do Estado, uma ambulância Fiat Doblo que será destinada à saúde municipal. O objetivo é proporcionar qualidade no transporte de pessoas com necessidades de tratamento médico, realização de exames ou de consultas, além de promover a assistência médica de caráter emergencial.

“Agradeço ao deputado Braulio Braz que intermediou junto ao governo de Minas a vinda desta ambulância para Miradouro. Ele está beneficiando toda a população do município! O veículo trará mais agilidade e qualidade nos serviços, enfatizou o prefeito Mirim.

Sebrae realiza palestra “Empreendendo com sucesso”

15/03/2016 20:00

unnamed

Fundação Cristiano Varella realiza segunda edição do curso de Capacitação Profissional de Enfermagem

15/03/2016 19:00

Devido ao grande número de inscrições para a Edição do Curso de Capacitação Profissional de Enfermagem que acontece no dia 19 de março, o enfermeiro Igor Cheloni decidiu oferecer mais uma edição do curso, no dia 09 de abril, para aqueles que não puderam se inscrever no primeiro.

As inscrições já estão abertas.

Confira maiores informações no cartaz abaixo:

Cartaz - Curso de Capacitação em Oncologia - 27 (1)

 

Bombeiros investem na formação e reciclagem dos salva-vidas

15/03/2016 17:00

IMG_0434

Com o intuito de proporcionar maior segurança aos banhistas frequentadores das áreas de piscina de Muriaé e região, o Segundo Pelotão de Bombeiros Militar estará realizando Reciclagem e Curso de Primeiros Socorros em Piscinas com ênfase em Salvamento de Afogados.

O Curso é aberto a toda a população, observadas algumas peculiaridades, considerando que o público alvo são aqueles que realmente irão prestar serviços nas dependências de Clubes Desportivos, para a realização do Curso os candidatos deverão satisfazer, no ato da matricula, os seguintes requisitos:

  • Ter idade entre 18 e 50 anos;
  • Comprovar através de atestado médico ter condições física e mental satisfatórias para a realização de atividades físicas (natação), além de boa visão e boa audição;
  • Dominar os nados peito e crawl;
  • Ter capacidade de submergir a no mínimo 5 metros de profundidade;
  • Ter capacidade de percorrer, submerso, no mínimo de 25 metros de distância;
  • Ser considerado apto no teste físico (Natação 200m, Apneia Dinâmica, Apneia Estática e Flutuabilidade) a ser aplicado pelo Segundo Pelotão de Bombeiros Militar nas dependências de um Clube da cidade.

As inscrições tanto para a Reciclagem quanto para o Curso de Formação são gratuitas e estão abertas, são realizadas no Segundo Pelotão de Bombeiros de Muriaé, Rua Manoel Pereira de Carvalho s/nº Bairro Gávea – Muriaé, no período de 14/03/2016 à 17/03/2016 (horário Administrativo (032) 3722-2598.

Interessados deverão apresentar cópia da identidade e atestado médico.

cats

Lula ministro dá salto à frente no balé do impeachment

15/03/2016 16:38

RAMIRO BATISTA - Cópia-horz

lula-ri-ebc

Tudo conspira para confirmar que Lula deve aceitar ser o ministro da Secretaria de Governo de Dilma, para obter foro privilegiado e escapar da possibilidade de ser preso.

É seu passo a frente dos adversários, um jeté em linguagem de dança, no balé do impeachment. Deixa meio atônitos seus pares da contradança e pode reverter o quadro de esperança das manifestações de domingo.

Seus passos na última semana em Brasília, em pajelança com a cúpula do PMDB, podem ter influenciado a decisão do partido no sábado de adiar por 30 dias o desembarque anunciado do governo.

Os caciques não iriam cair na besteira de pular do barco antes da hora, diante da perspectiva de que ele pudesse ser ministro e reverter o quadro. Com ele na coordenação política do Planalto, não seria o fim do mundo conseguir os 171 votos necessários para barrar o impeachment.

Lula teria falado com o Michel Temer pela manhã do sábado, antes da convenção, e deve falar pessoalmente antes de anunciar sua decisão de aceitar o Ministério. Precisa confortar o vice sobre a perspectiva de não ser presidente por agora e, em caso de impeachment, continuar sendo ministro.

Se pudesse, em outras condições, não aceitaria o cargo, porque, entre outras coisas:

  1. É arriscado assumir um governo em risco de não terminar.
  2. Não parece haver espaço para fazer milagres do ponto de vista econômico, por faltarem as mesmas condições favoráveis do início de seu mandato, em 2003.
  3. Ex-presidentes não precisam de cargo para influenciar articulações no Congresso e, como ele mesmo provou, operar para viabilizar negócios entre a administração pública e empresas.
  4. Podem relaxar, gozar uma aposentadoria nadando no prestígio, escrever artigos, abraçar uma árvore, defender a legalização da maconha.
  5. Há um longa crônica de deboche sobre político que desce um degrau. Carrega até o túmulo o estigma da piada de que, se continuar descendo, pode virar vereador ou síndico de prédio. Itamar Franco, governador de Minas depois de presidente, passou por isso.

Mas a Lava Jato mudou tudo.

Sua prisão passou a ser hipótese concreta no horizonte de poucos dias, sem possibilidade de recurso em liberdade na segunda instância, como reinterpretou o STF. Acrescente-se que esse mesmo STF vem negando seus recursos contra a Lava Jato e a voz das ruas pode ter aumentado ainda mais a força do juiz Sérgio Moro.

Nas próximas horas, porque tem pressa, ele deve ensaiar o balé para dourar a pílula.

Ele ou seus aliados dirão que foi convidado para ajudar o governo, que impôs como condição mudanças na política econômica e criarão um ato político a fim de encenar para a militância fiel de que não se utiliza das mesmas patranhas da direita que condena.

Para essa militância, deve voltar como Getúlio Vargas voltou em 1950, cinco anos depois de extirpado da vida pública. Nos braços do povo. Sendo povo, hoje, eles mesmos.

Aos que tentarem denunciar suas verdadeiras intenções de procurar novo foro judiciário, responderão com o exemplo do senador Eduardo Azeredo e de deputados federais que fizeram o caminho contrário. Renunciaram para escapar do STF.

Resta aos que foram às ruas domingo, cheios de ilusão, torcer para que a manobra seja um tiro no pé, como foi a decisão de fatiar as ações para tirar os processos de São Paulo da Lava Jato. Que deu no turbulento processo do triplex.

Os ministros do Supremo, agora calejados por tanta denúncia e sinalizando menos boa vontade, podem não gostar da ideia de que funcionam como instância de protelamento.

Fonte: Ramiro Batista – Comunicação & Poder

Escola do Legislativo abre curso à Distância sobre Dilemas da Cidadania no Brasil

15/03/2016 15:40
CREATOR: gd-jpeg v1.0 (using IJG JPEG v62), quality = 80

CREATOR: gd-jpeg v1.0 (using IJG JPEG v62), quality = 80

A Escola do legislativo da Câmara Municipal de Muriaé em parceira com a Escola do Legislativo da Assembleia Legislativa de Minas Gerais acaba de lançar o curso a distância Dilemas da Cidadania no Brasil, elaborado pela servidora da ALMG e historiadora, Valentina Gomes Somarriba.

O curso pretende promover a discussão sobre os avanços e retrocessos dos direitos dos cidadãos brasileiros, e as limitações que persistem e impedem o aprofundamento da cidadania no País.

O curso é aberto a todos os cidadãos interessados e também dirigido a coordenadores, monitores e professores das escolas parceiras do Parlamento Jovem de Minas.

Os interessados podem acessar o link disponível na plataforma de ensino a distância da ALMG (http://ead.almg.gov.br/moodle/), no período de 05 de abril a 10 de maio.

O curso foi dividido em quatro unidades, cada uma com duração de uma semana, abordando os seguintes tópicos: “O caminho da cidadania no Brasil”; “Autoritarismo social e formas de discriminação”; “Cidadãos em negativo”; e “Violência e democracia”.

Os participantes que cumprirem os requisitos previamente estabelecidos terão acesso à certificação de conclusão de curso.

A Escola do Legislativo de Muriaé tem uma parceria com a Escola do Legislativo da ALMG para promover a formação dos servidores públicos da região da Zona da Mata e os cidadãos interessados nos temas propostos.

Serão oferecidas 100 vagas e os pedidos de inscrição começaram neste dia 15 de março e podem ser feitas até o dia 29 de março, diretamente no Ambiente Virtual de Ensino-Aprendizagem da ALMG (http://ead.almg.gov.br/moodle/).

Para efetuar a inscrição, é necessário criar um cadastro na plataforma. Para quem já estiver cadastrado, basta acessar o curso e efetuar a inscrição, seguindo as orientações que estiverem na tela. Qualquer dúvida ou problema, mande e-mail para suporte.ead@almg.gov.br.

Inscrições gratuitas

Fonte: Câmara Muriaé