PC prende 4 suspeitos de terem estuprado e matado moradora de Fervedouro

27/08/2015 9:16
11958179_968160929872873_841181355961884879_o-Copy

3 homens foram presos em casa; outro se apresentou na Delegacia de Carangola

11924193_968160873206212_86183374325926032_n-Copy

Droga foi encontrada na casa do 4º suspeito, que estava foragido

IMG_9340-Copy

Quatro homens foram presos, na terça-feira (25), suspeitos de estuprar e matar a moradora de Fervedouro, Flávia Maria Pinho e Silva, de 39 anos. O corpo dela foi encontrado dez dias antes, seminu, às margens da BR-116, em Miradouro. O rosto estava totalmente desfigurado em decorrência das agressões que sofreu, e, de acordo com a Polícia, vários dentes foram arrancados enquanto a vítima ainda estava viva.

Flávia havia saído de casa, na noite de sexta-feira (14), com dois amigos, para ir à Exposição Agropecuária de Miradouro. Segundo as investigações, ela estava embriagada e preferiu permanecer sozinha, na festa, depois que suas companhias foram embora de carona, por volta das 05h30 de sábado (15). Por volta das 07h, seu corpo foi encontrado.

As investigações, a cargo do delegado Tayrony Espíndola, apontavam para quatro suspeitos e, de posse de mandados de prisão temporária, a Polícia Civil de Miradouro deteve três supostos autores, em Fervedouro, onde residem, na manhã do dia 25. O quarto suspeito não foi encontrado em sua residência, mas a Polícia Civil, autorizada a entrar, encontrou, no imóvel, 20 papelotes de maconha – prontos para serem comercializados –, e deteve a mãe do elemento por tráfico de drogas. Na parte da tarde, o rapaz se apresentou na Delegacia de Carangola e assumiu a propriedade das drogas. A mãe dele foi liberada.

De acordo com Tayrony Espíndola, a prisão dos suspeitos decorreu de uma combinação de fatores, que indicam a participação no crime: “Essa Prisão é Temporária, mas já nos permite chegar a algumas conclusões parciais. Todos os suspeitos possuem antecedentes criminais por delitos graves e foram vistos e reconhecidos por testemunhas junto à vítima, apenas uma hora e meia antes que o corpo fosse encontrado nas margens da BR”.

O crime chocou as cidades de Fervedouro e Miradouro, além de toda a região, principalmente pelo grau de violência com que foi cometido – e que impressionou até o delegado: “A brutalidade e a maneira covarde com que agiram realmente impressiona. A vítima foi submetida a intenso sofrimento antes de sua morte”, pontuou.

As investigações, que contam com o auxílio de policiais civis da 36ª DP de Carangola, prosseguem, e serão aprofundadas em busca de maiores elementos que permitirão identificar circunstâncias e autoria do crime.

Fotos: Silvan Alves

Rua Efigênia Freitas será interditada nesta quinta-feira

26/08/2015 15:30

RUA EFIGÊNCIA DE FREITAS

O DEMSUR informa que, nesta quinta-feira (27), a Rua Efigênia Freitas Silva, no Centro, ficará parcialmente interditada para manutenção de rede de rede de esgoto.

A intervenção acontecerá de 07hs às 17h e apenas uma das vias estará fechada – no sentido Pça. Cel. Pacheco de Medeiros em direção a JK.

Operação desarticula quadrilha especializada em estelionato

26/08/2015 10:44

PLANTÃO1

Foi deflagrada, na manhã de quarta-feira (26), a operação Pecus, que tem o objetivo de desarticular uma organização criminosa especializada em estelionatos, com atuação em todo o território nacional. O prejuízo causado pelos golpes da quadrilha está estimado em mais de R$ 10 milhões.

A Força Integrada de Combate ao Crime Organizado (Ficco-MG) – composta por Polícia Federal, Polícia Civil, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros e Secretaria de Estado de Defesa Social (Seds) – atuou no cumprimento de 50 mandados de prisão e 36 de busca e apreensão. Os mandados foram cumpridos de forma simultânea, em Minas Gerais, São Paulo e Rio de Janeiro e foram expedidos a partir de uma representação de delegados da Polícia Federal e Polícia Civil nos autos de um inquérito policial que tramitava na comarca de Belo Horizonte.

Após cinco meses de investigação, as polícias Federal e Civil identificaram centenas de fraudes cometidas pelos criminosos, cujos prejuízos estão estimados em mais de R$ 10 milhões.

As vítimas eram abordadas por meio do envio de falsas notificações judiciais que noticiavam supostos créditos provenientes de previdência complementar, com as quais elas haviam contribuído no passado.

Para a liberação do dinheiro então prometido, o grupo exigia a antecipação de valores a título de impostos e custas processuais. As vítimas – maioria servidores públicos e pensionistas – depositavam elevadas quantias em contas repassadas pelos criminosos e, então, se davam conta que os créditos a que teriam direito, na verdade, não existiam.

Os presos foram encaminhados para Belo Horizonte, onde ficarão à disposição da Justiça. Eles responderão pelos crimes de organização criminosa e estelionato, cujas penas somadas podem chegar a 13 anos de prisão.

Fonte: Jornal O Tempo

PRF prende dois homens com documento falso de ônibus

26/08/2015 10:01

prf

Dois homens foram presos, na tarde de terça-feira (25), usando documento falso. De acordo com a PRF, durante uma fiscalização de rotina, um ônibus, com placas de Simões Filho (BA), que seguia viagem de Santa Helena (MG) para Angra dos Reis (RJ), foi abordado. No interior do veículo estavam dois homens, um de 33 e outro de 35 anos, ambos moradores de Angra dos Reis.

Ao ser fiscalizada a documentação do ônibus, foram encontradas várias irregularidades, como rasuras, número do CPF do proprietário diferente do nome impresso, superposição da sigla da Unidade Federal emitente, modelo e capacidade do veículo, entre outros problemas que revelaram indícios de falsidade.

Os dois indivíduos foram presos em flagrante e o veículo foi apreendido e, encaminhado ao pátio credenciado de Leopoldina.

Prefeitura busca integração entre famílias beneficiadas pelo Cesta Cheia

26/08/2015 8:48

1 (1)  1 (3)

1 (2)

Na última quinta-feira (20), as Secretarias Municipais de Desenvolvimento Social e de Agricultura promoveram um café da manhã no Empreendimento João Braz, organizado pelo Centro de Referência de Assistência Social (Cras) do Bairro Santana/São Joaquim, visando uma maior integração entre as famílias beneficiadas pelo programa Cesta Cheia da Agricultura Familiar.

Também estiveram presentes os moradores do Bairro Dornelas II, que receberam explicações sobre o valor nutricional dos alimentos, a importância de se ter uma alimentação saudável e uma cartilha com receitas, para que os alimentos que fazem parte da cesta possam ser bem aproveitados.

Na ocasião, o prefeito Aloysio Aquino falou sobre a aproximação entre o poder público municipal e as famílias contempladas pelo programa, enfatizando que é necessário prestar esclarecimentos para que as pessoas possam aproveitar integralmente os alimentos que compõem a cesta.

Já secretária de Desenvolvimento Social, Cláudia Aquino, pontuou que o momento foi propício para esclarecer dúvidas quanto à inclusão das famílias no programa: “O Cesta Cheia é resultado do empreendedorismo da Administração 2013-2016, que está sempre comprometida com o progresso socioeconômico de Muriaé e com a melhoria a qualidade de vida da população”, completou.

O secretário de Agricultura, Francisco Ofeni, afirmou que o acompanhamento das famílias beneficiadas é importante para o sucesso do programa. “Foi uma confraternização muito bacana. Isso fortalece o nosso programa e estreita mais a nossa parceria. Só vem a produzir bons resultados”, avaliou.

Vale destacar que a Prefeitura de Muriaé, através da Secretaria Municipal de Agricultura, e em parceria com a Secretaria de Desenvolvimento Social – por meio das equipes dos Cras, do Núcleo de Assistência Social e dos funcionários que ajudam na montagem e distribuição das cestas–, conseguiu ampliar o programa Cesta Cheia. Em 2013, eram distribuídas 260 cestas para as famílias do município, número depois expandido para 1.200 e, recentemente, ampliado para beneficiar 2 mil famílias, ou seja, 10 mil pessoas.

Assim, moradores de 23 comunidades, incluindo bairros e distritos de Muriaé, que se encontram em situação de vulnerabilidade social e que foram cadastrados, são contemplados com as cestas do programa, que contêm 10 kg de legumes variados, verduras, frutas e leite – tudo isso repassado à população pelo preço simbólico de R$ 4,00.

O Cesta Cheia da Agricultura Familiar tem por objetivo promover a inclusão social, incentivar a agricultura e a geração de emprego e renda no campo, já que a Prefeitura compra diretamente do produtor os alimentos que compõem a cesta e, assim, realiza a segurança alimentar para as famílias.

Vem aí Ressaca de Férias

25/08/2015 20:00

Cartaz

Semana Nacional do Excepcional

25/08/2015 18:24

Pág_Page_05

 

Acompanhe a programação da APAE de Muriaé:

11903973_654681524667730_4959109588852905701_n

Comitiva Poeira no Casco: sucesso na Vila Vardiero

25/08/2015 18:18

Pág_Page_10