Foragido é preso pela PC de Muriaé

21/01/2016 9:22

fugitivo

A Polícia Civil de Muriaé prendeu, na quarta-feira (20), um foragido, de 30 anos de idade, condenado a 16 anos de prisão por vários crimes, entre eles, furtos e roubos. Segundo a Polícia, ele já havia cumprido 13 anos.

O indivíduo havia fugido enquanto cumpria pena e estava foragido desde junho de 2014, havendo contra ele dois Mandados de Prisão – um por estar foragido da Justiça, e outro por uma condenação na Comarca de Eugenópolis.

O homem foi encontrado no Bairro Padre Tiago, em uma casa. Ele tentou fugir, pulando um muro, mas foi capturado e preso.

Foto: Silvan Alves

Muriaé registra 1º homicídio de 2016

21/01/2016 9:01

A vítima seguia de motocicleta para a Penitenciária Regional, onde cumpria regime semiaberto

DSC05808_620x465

Tiago Correa Braga, o “Tiririca”, de 25 anos, foi assassinado na quarta-feira (20), perto da Penitenciária

O 1º homicídio deste ano, em Muriaé, foi registrado no fim da tarde de quarta-feira (21), na BR-356, próximo ao trevo de acesso à Penitenciária Dr. Manoel Martins Lisboa Junior. A vítima foi Tiago Correa Braga, o “Tiririca”, de 25 anos, morto com quatro tiros – um na cabeça e três nas costas.

O jovem cumpria pena em regime semiaberto e seguia para a penitenciária numa motocicleta, quando foi surpreendido por um veículo, de onde vieram os disparos de arma de fogo. Ao ser atingido, “Tiririca” caiu no acostamento da pista e a moto foi parar em um matagal.

O SAMU e os Bombeiros foram acionados, assim como a Polícia Rodoviária Federal (PRF), que encontrou, nas proximidades do local do crime, um veículo abandonado: um Fiat Strada branco, contendo algumas cápsulas de grosso calibre em seu interior.

Após o trabalho da Perícia, o corpo foi encaminhado para o IML. A motocicleta que a vítima pilotava e o Fiat Strada foram removidos para um pátio credenciado. Nenhum suspeito foi preso ainda.

Fotos: Silvan Alves

Comemoração do Jubileu da Paróquia do Dornelas começa no dia 29

20/01/2016 17:16

paroquia dornelas

Os 20 anos da Paróquia Nossa Senhora do Sagrado Coração, no Bairro Dornelas, serão festejados entre os dias 29 de janeiro e 02 de fevereiro. O Jubileu irá contar com a participação das pastorais, movimentos de igreja e comunidade.

A festividade terá início na sexta-feira, 29 de janeiro, às 19h30, com um momento litúrgico, seguido de momento social e partilha, no Salão Paroquial.

Entre 30 de janeiro e 1º de fevereiro, será realizado o “Tríduo em Preparação à Festa”, com missa a partir das 19h e, logo após, funcionamento da Cantina. No sábado, dia 31, haverá, ainda, música ao vivo e bingo. Durante o Tríduo, as celebrações serão realizadas pelos padres Marcos Antônio, Marcelo Sérgio e Ruaro Cândido.

A grande comemoração acontece no dia 02 de fevereiro, a partir das 19h30, quando serão realizadas a “Festa da Apresentação do Senhor” e a “Celebração dos 20 Anos da Paróquia”. Na ocasião, a Santa Missa Solene será ministrada pelos padres Adilson Nery e Plínio. Todos estão convidados para os festejos.

Evite prejuízos e acidentes no período de chuvas

20/01/2016 14:47

  raios-eletronicos-perigos

Nossa região passa pelo período de chuvas. Por conta dos riscos existentes em uma tempestade com raios e ventos, a população precisa ficar atenta e adotar medidas de precaução, evitando potenciais perigos. Atitudes e cuidados simples podem evitar prejuízos e acidentes.

Por exemplo, em caso de fios elétricos partidos ou caídos na rua, é preciso manter distância. Confira, abaixo, outras dicas sobre como se proteger durante as tempestades:

  • Evite tomar banho durante as tempestades, pois existe o risco de choque elétrico em caso de descargas atmosféricas na rede de energia;
  • Retire todos os aparelhos eletrônicos e eletrodomésticos das tomadas;
  • Evite contato com objetos de estrutura metálica, como fogões, geladeiras e torneiras que estejam ligados na eletricidade;
  • Se você estiver dentro do carro durante uma tempestade, permaneça no veículo. Os carros oferecem excelente proteção contra os raios;
  • Enquanto você fala, durante uma tempestade, ao telefone fixo ou celular, se estiver carregando, um  raio  pode atingir as linhas de energia e de telefonia na rua e provocar sobrecarga na rede. Desligue o aparelho e evite o choque;
  • Evite locais abertos e superfícies planas como campo de futebol, piscinas, rios ou mares. Se o seu corpo for o ponto mais alto da superfície, ele pode atrair um raio e sofrer uma descarga. Procure um local seguro para se abrigar, mas não se esconda debaixo da árvore;
  • Não manuseie equipamentos que estejam ligados na tomada, antena ou rede telefônica;
  • Em caso de fios elétricos partidos ou caídos na rua, mantenha distância.

E se você perceber algum problema na rede elétrica, entre em contato com a Energisa pelo telefone 0800 032 0196, pelas redes sociais ou pelo site oficial da empresa (www.energisa.com.br).

Crise econômica: municípios mineiros cancelam Carnaval

20/01/2016 11:03

20160110180641333870a

Ao que tudo indica, a crise econômica que assola o país também irá afetar a principal festa brasileira. Em alguns municípios, o Carnaval já foi cancelado e as Prefeituras alegam que irão investir os recursos em outros setores.

Em Minas Gerais, o número de cidades que não irá realizar a “Festa de Momo” também vem aumentando. Algumas Administrações Municipais, no entanto, resolveram reduzir a festividade, inclusive em cidades históricas, como Ouro Preto e Diamantina.

Em nossa região, o município de Leopoldina será um dos que não irão promover o evento. O prefeito José Roberto de Oliveira informou que irá investir na Saúde Pública o dinheiro que seria gasto com a “Festa de Momo”. Segundo ele, a Prefeitura irá apoiar algumas iniciativas populares em bairros e distritos, mas não terá como patrocinar o desfile oficial de blocos e escolas de samba. Ainda de acordo com José Roberto, para economizar em sonorização, palco, luz, músicos e/ou DJs, a Administração Municipal não irá promover bailes populares no Centro da cidade. Durante entrevista em uma rádio local, o prefeito de Leopoldina ressaltou que a empresa que organizou a festa do ano passado apresentou, para 2016, um orçamento entre R$ 150 mil e R$ 200 mil.

A população de Viçosa também ficará sem Carnaval. A Prefeitura escolheu aplicar a verba municipal de R$ 297.800, que seria destinada á festividade, na compra de uma van para transporte de alunos com necessidades especiais, de máquinas, ferramentas e veículos para a Secretaria de Obras. No entanto, o prefeito Ângelo Chequer ressalta que irá apoiar os blocos das comunidades.

O drama da falta de água foi vencido em Visconde do Rio Branco, na Zona da Mata, com a perfuração de 12 poços artesianos e a construção de mais dois reservatórios, segundo o prefeito Iran Silva Couri (PT). Graças a essas intervenções o Carnaval será retomado, só que com R$ 200 mil, 50% a menos do que seria investido. “Vamos fazer especialmente com bandas mais baratas, porque o carnaval mais forte de nossa região é aqui em Rio Branco. Ubá, que é aqui do lado e tem 110 mil habitantes, não tem festa”, afirma.

Fonte: G1/ Site do Marcelo Lopes / Estado de Minas

DEMSUR segue com limpeza em bairros de Muriaé

20/01/2016 9:49

DSC06091 DSC06093 DSC06135 DSC06152 DSC06179

Atendendo ao cronograma de janeiro de 2016, a Equipe de Roçada do DEMSUR já passou pelos bairros Panorama e Cardoso de Melo. Segundo a autarquia, os trabalhos seguem, agora, no Recanto Verde e na parte alta do São Pedro.

Por sua vez, a Equipe de Capina (contratada) e de Remoção de Entulhos trabalhou perfazendo as ruas dos bairros Safira e Planalto. Nas próximas semanas, esta equipe irá atuar no Panorama e no Porto Belo, onde já foi realizada a roçada.

Segundo o DEMSUR, os bairros Cerâmica e Safira já tiveram suas ruas capinadas.

Governo de Minas anuncia escala de pagamento dos servidores

20/01/2016 8:45

servidores

Um total de 477 mil funcionários públicos do estado (75%), que ganham até R$ 3 mil, voltam a receber os salários integralmente até o 5º dia útil a partir de fevereiro. O anúncio foi feito, na última sexta-feira (15), pelo Governo de Minas, após reunião com representantes dos servidores, na Cidade Administrativa.

Ainda segundo o governo, os outros 25% do funcionalismo receberão o pagamento escalonado. Ou seja: 100% dos servidores vão receber R$ 3 mil até o quinto dia útil e o restante do pagamento nas seguintes datas: para quem ganha até R$ 6 mil, a segunda parte será paga em 12 de fevereiro; acima desse teto de R$ 6 mil, receberá em três vezes, nos dias 05,12 e 16 de fevereiro.

Os salários de fevereiro (pagos em março) e março (pagos em abril) também serão escalonados. Quem ganha até R$ 3 mil vai receber em 07 de março. Até R$ 6 mil, as datas de pagamento são 07 e 11 de março. Acima de R$ 6 mil, 7, 11 e 16 de março. No mês seguinte, os salários saem em 07 de abril para valores até R$ 3 mil; 07 e 12 de abril para quem ganha até R$ 6 mil e, acima disso, em três partes em 07, 12 e 15 de abril. O governo informou ainda que esta escala vale para servidores da ativa, aposentados e pensionistas.

A reunião contou com a presença dos secretários de Planejamento e Gestão, Helvécio Magalhães, e de Fazenda, José Afonso Bicalho, além de representantes de 39 das 45 entidades sindicais convidadas para anunciar o calendário de pagamento do funcionalismo para de janeiro, fevereiro e março.

Em razão do arrocho no orçamento, o governo adiou o pagamento dos salários de dezembro para quarta-feira passada (13), em vez do 5º dia útil do mês. O governo de Minas também anunciou que está formulando um projeto de reforma administrativa para ser submetido à Assembleia Legislativa, que deve significar uma economia de “perto de R$ 1 bilhão”, de acordo com o governador Fernando Pimentel.

Os secretários lembraram que o Governo de Minas Gerais já está reduzindo gastos para equilibrar a situação financeira. Entre as ações já tomadas, destacam-se: 39,9% de redução de despesas com a máquina pública; quase R$ 3 milhões economizados com redução de energia elétrica; mais de R$ 17 milhões economizados com redução do consumo de água; 51,14% de redução nos valores gastos com diárias; 56,21% de redução nos valores gastos com passagens; quase R$ 1 milhão de economia com revisão de contratos com fornecedores; quase R$ 1 milhão de economia com implantação de gestão de documentos; redução de 112 para 55 veículos na frota que atende à Cidade Administrativa; R$ 18 milhões em economia com redução de consumo de combustível; economia de R$ 4 milhões na implantação de controle informatizado de manutenção.

Hélvécio Magalhães e José Afonso Bicalho esclareceram que a atual gestão já encontrou o governo com déficit nas contas públicas. Em 2013, o déficit foi de R$ 900 milhões; em 2014, de R$ 2,2 bilhões. Para este ano, o déficit previsto é de praticamente R$ 9 bilhões.

Formulários de registros de crimes podem conter orientação sexual e de identidade de gênero

20/01/2016 8:43

1452161402_capa 1 

Desde o dia 1º de janeiro, os formulários dos Registros de Eventos de Defesa Social (REDS), nome atual em Minas Gerais dos antigos boletins de ocorrência, têm campos predefinidos para anotação do nome social, orientação sexual e de identidade de gênero. Também estão disponíveis novas opções de preenchimento de causa e ou motivação presumidas do crime, que contemplam situações específicas de preconceito por orientação sexual, de preconceito racial, de cor e étnico, de preconceito religioso e de sexismo.

As alterações foram implantadas no ambiente digital do REDS pelos técnicos do Centro Integrado de Informações de Defesa Social (Cinds) da Secretaria de Estado de Defesa Social (Seds), com base em normas baixadas pela Secretaria de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde e em orientações da Secretaria Nacional de Direitos Humanos. O objetivo é proporcionar ao setor público e à sociedade um quadro mais preciso da violência relacionada a preconceitos para embasar políticas de prevenção e combate a esses tipos de crimes.

Segundo a diretora de Estatística e Análise da Seds, Ana Luiza Werneck Passos Veronezi, as informações sobre orientação sexual e identidade de gênero têm de ser autodeclaradas. Isso significa que o policial militar ou outra autoridade autorizada a preencher o REDS deve perguntar se a pessoa que está fazendo o registro do crime quer declarar a própria identidade de gênero. Em caso afirmativo, abre-se a opção ‘nome social’, que só será preenchida se for da vontade da pessoa atendida. Em seguida, abre-se o campo com as opções de preenchimento ‘travesti’, ‘mulher transexual’ e ‘homem transexual’. Há ainda a opção ‘não se aplica’, para os casos em que a identidade de gênero corresponde ao sexo da pessoa ao nascer. Se a resposta inicial for negativa, a opção a preencher é ‘ignorado’. O campo ‘sexo’ do REDS passa a ter três opções de anotação: masculino, feminino e não identificado.

Da mesma forma, a pessoa que registra a ocorrência criminal é questionada se deseja anotar a própria orientação sexual. Em caso afirmativo, abrem-se no formulário as opções ‘heterossexual’, ‘homossexual’ (gays e lésbicas) e ‘bissexual’. Para o caso de a resposta inicial ser negativa, há a opção ‘ignorado’.

Em relação à causa/motivação dos crimes contra a pessoa, contra a dignidade sexual e a família, crimes resultantes de preconceito de raça ou de cor, e crime de autoextermínio (suicídio), o REDS passou a ter opções de preenchimento mais precisas. Para orientação sexual: homofobia, lesbofobia, biofobia e transfobia. Para preconceito racial/de cor/étnico: racismo e xenofobia. Para preconceito religioso: intolerância religiosa. Criou-se, por fim, a opção ‘sexismo’, em que se enquadra, principalmente, o machismo.

Fonte: SEDS