23/05/2015 14:00

EXPORTAÇÃO

 Enquanto na área politica continua o disse-me-disse na praça dos Tres Poderes, em Brasilia, na economia os empresários começam a respirar mais calmamente – depois da votação dos ajustes fiscais. Agora, pedem uma politica de incentivos para a exportação. Se não tiver dinheiro para incentivo, já seria bom um ‘pacote de facilidades’ para exportar (tipo dos países orientais) – porque com a burocracia atual é impossível. Se isso acontecer, a moda nossa já está preparada para conquistar espaços lá fora. Amém.

PLATAFORMA

E por falar no assusnto, a Câmara de Moda da Itália anunciou, nesta semana, um plano de valorização do setor – com várias metas a serem alcançadas em um ano. Uma delas seria  facilitar viagens entre Florença e Milão em épocas de lançamentos e por aí. Para nós, interessa o fato de que almejam transformar o o pais em plataforma de negócios fashion internacionais – atraindo vendedores & compradores para suas feiras. Pelo jeito, Minas se adiantou e plantou sua sementinha fashion nessa composição com a expô ‘Sou do Mundo, Sou Minas Gerais’, que acontece em Milão.

FLAGSHIP

  Embora o e-commmerce cresça e apareça em todo o mundo, as chamadas lojas físicas continuam sendo um grande instrumento para tornar as marcas mais visíveis. Um exemplo disto é a grife italiana Valentino, que investiu milhões de dólares para montar sua loja de mil metros em Nova York. A repercussão foi tanta que irão repetir a dose em Roma (onde a grife nasceu), com um investimento de US$100 milhões  (coisa pra poucos, né?) em espaço histórico na Plaza de Espanha. Por aqui, o risco é o outro, isto é, fechamento das lojas existentes.

VAIVÉM

  • A Zara voltou a ser incomodada  pela lei trabalhista: desta vez seria o fato de a empresa não apresentar as justificativas prometidas na primeira inspeção. Sem comentários
  • E o casamento da Preta Gil, hein? Virou tapete vermelho para as amigas exibirem seus vestidos. E teve de tudo: de vestido alugado a preciosidades compradas por milhares de reais. Nos tempos de instagram, é assim. Uau! ***
  •   Na solenidade do Dia da Indústria (marcada pela Fiemg para o dia 21, em Beagá) o segmento de moda será homenageado pelo empresário Aderi da Silva (dono da Magathus, de Divinópolis). Agora, apenas um agraciado representará  todo o segmentos moda – que engloba roupa, sapato, bolsa, jóias. No setor têxtil  o indicado é o  João Luiz do Amaral (das malhas D’Estefano, de Juiz de Fora)
  •  A principal noticia fashion da semana foi o retorno da marca Santista Jeanswear – que por uns tempos foi absorvida pela Tavex. Mas o nome Santista como índigo sempre foi tão forte no mercado, que resolveram voltar tudo atrás. Acertam em cheio .
  • PONTO FINAL. Há alguns dias, o Congresso votou a terceirização para a contratação de trabalhadores. Para o setor de moda, esse passo foi decisivo para que as confecções, tecelagens e afins aumentem sua produção e, principalmente, trabalhem em paz. O fato é que, nos últimos, quem recorria a esse sistema de trabalho enfrentava a incompreensão dos fiscais quanto à diferença de atividade-meio e atividade-fim , detalhe que definia a legalidade da contratação. Agora, isso vai acabar. Amém!

Wagner Pena

23/05/2015 12:29

Assembleia de Minas vai a Juiz de Fora discutir combate às drogas

23/05/2015 11:47

A Comissão de Combate ao Uso de Crack e outras Drogas da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) se reúne em Juiz de Fora (Zona da Mata) na segunda-feira (25) para debater medidas de enfrentamento ao uso de drogas na região.

A audiência pública, solicitada pelos deputados Antônio Jorge (PPS) e Missionário Marcio Santiago (PTB), está marcada para as 10h, na sede da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-MG), que fica na Avenida dos Andradas, 696 – Jardim Glória.

Outras questões que serão abordadas na reunião são a construção da rede regional para acolhimento dos usuários de drogas (especialmente os adolescentes), o papel das comunidades terapêuticas e a regularização dos repasses de recursos públicos para essas instituições. Foram convidados a participar da audiência representantes do poder público e das comunidades terapêuticas de Juiz de Fora.

Para o presidente da comissão, deputado Antônio Jorge, o combate às drogas é um desafio para toda a sociedade. Segundo ele, esta responsabilidade não é só dos órgãos de saúde, segurança, educação e assistência social, mas também das famílias, que desempenham um importante papel na formação dos cidadãos.

Foram convidados para a reunião o coordenador do Centro de Recuperação Resgatando Vidas, José Carlos Dias Vieira; os secretários municipais de Governo e de Saúde, José Sóter de Figueirôa Neto e Adilson Stolet, respectivamente; a presidente do Conselho Municipal de Políticas Integradas sobre Drogas, Ana Cecília Vilella Guilhon; o diretor da Associação Casa Viva, José Eduardo Moreira Amorim; a presidente do Conselho Municipal de Saúde, Regina Célia de Souza; o superintendente regional de Saúde, Oleg Abramov Junior; a chefe do Departamento de Saúde Mental da Secretaria Municipal de Saúde, Andréia da Silva Stenner; a presidente da Associação Projeto de Amor e Restauração, Ernane Souza Silva; o coordenador-geral do Centro de Recuperação Juiz de Fora contra as Drogas, Vicente de Paula Oliveira; a coordenadora do Consultório na Rua da Associação Casa Viva,Tatiana de Oliveira Pereira Tavares; os presidentes das comunidades terapêuticas Juiz de Fora na Família de Cristo, Moisés Cláudio Maria e Silva; e Pedra Fundamental Reciclando Almas, Cláudio Fabrício Martins; e o diretor do Centro de Recuperação Vida Viva, Daniel de Jesus Lage Ribeiro.

23/05/2015 11:36

   Acupuntura: ciência milenar a serviço da saúde

A Acupuntura está entre as 53 especialidades médicas reconhecidas pelo Conselho Federal de Medicina e Organização Mundial da Saúde e é uma das técnicas da Medicina Tradicional Chinesa que tem mais de 5000 anos e vem sendo usado para tratar doenças. A acupuntura surgiu pela observação dos fenômenos da natureza pelos chineses e concluíram que um corpo equilibrado energeticamente está livre de doenças, daí, pode-se dizer que a acupuntura é a ciência que trata do equilíbrio das energias.

 Está comprovado que as agulhas ao serem colocadas em pontos específicos localizados sobre os canais de energia chamados meridianos, estimulam a liberação de neurotransmissores como a serotonina e a dopamina que regulam sensações como dor, humor e ansiedade.

Ocorre então um fluxo correto de energia, chamado de energia vital, pelo organismo, o que, segundo a Medicina Tradicional Chinesa, é o material saudável. Ao contrário, havendo um desequilíbrio ou bloqueio nesse fluxo energético pelo corpo, levaria uma pessoa a ficar doente.

Em três de maio do ano de 2006, através da portaria 971, o Ministério da Saúde aprovou a acupuntura no SUS.

Dentre as causas desse desequilíbrio estão principalmente: fatores emocionais, fatores climáticos (vento, frio, umidade e secura) e alimentação descontrolada.

Citaremos algumas das doenças tratadas pela Acupuntura, reconhecida como eficaz pela Organização Mundial de Saúde e pelo Conselho Federal de Medicina:

  • Dores Muscoesqueléticas: dores na coluna, joelhos, ombro, cotovelo, bursite, artrite, torcicolo, fibromialgia, dor na articulação temporomandibular, lesão por esforço repetitivo;
  • Problemas Digestivos: gastrite, refluxo, gastro-esofágico, azia, constipação, intestino irritável, enjoos;
  • Doenças Respiratórias: bronquite, asma, rinite, sinusite;
  • Problemas Neurológicos: enxaquecas, cefaleias em geral, vertigens, zumbidos, algumas sequelas de Acidente Vascular Cerebral (AVC), paralisia facial, neuralgia do trigêmeo, neuralgias intercostais, dores dentárias, formigamentos;
  • Problemas Psíquicos: ansiedade, depressão, insônia, síndrome do pânico, estresse;
  • Problemas Ginecológicos: tensão pré-menstrual (TPM), distúrbios menstruais em geral, corrimentos vaginais, sintomas da menopausa;
  • Doenças Urológicas: sistema urinário (cistites e uretrites), cólicas renais;
  • Doenças dermatológicas: Pruridos em geral, eczemas, psoríase;
  • Doenças cardiovasculares: hipertensão arterial, palpitações;
  • Problemas Diversos: gripes, resfriados, aumento da resistência imunológica, obesidade, vícios, etc.

Dr. José Gil – Médico Acupunturista

Coluna Social: descubra quem é destaque na cidade!

23/05/2015 11:00

23/05/2015 9:30

Empreendedores de Muriaé e região recebem orientações em gestão nas empresas

22/05/2015 15:24

 

Mais de 17 mil micro e pequenas empresas e microempreendedores individuais de Juiz de Fora, Cataguases, Muriaé, Viçosa, Ponte Nova e Ubá, na Zona da Mata, receberão orientações gratuitas do Sebrae em seus próprios estabelecimentos. Para ser atendido, o interessado deve preencher o formulário no www.sebrae.com.br/minasgerais.

A ação, que começou no início deste ano e termina em novembro, integra o projeto do Sebrae Minas para a organização e o fortalecimento do empreendedorismo mineiro, aumentando a fidelização e proximidade com as micro e pequenas empresas e os microempreendedores individuais.

Durante a visita, o representante do Sebrae Minas irá coletar dados do empreendedor, informações sobre a atuação da empresa nas áreas de finanças, mercado, pessoas, acesso a serviços financeiros, inovação e sustentabilidade e os fatores externos relacionados ao negócio. Com a indicação dos pontos fortes e aqueles que podem ser melhorados, serão apresentadas soluções que podem contribuir para resultados mais expressivos.

De acordo com a necessidade de cada estabelecimento serão indicados cursos, palestras, produtos e serviços do Sebrae, além de ferramentas que contribuam para a melhoria da gestão dos negócios.

Também serão visitados os pequenos negócios que já foram atendidos pelo Sebrae no ano anterior, para avaliar  os resultados obtidos com a adoção das estratégias sugeridas e receber novas sugestões, num processo de melhoria contínua.

Para participar inscreva-se no  www.sebrae.com.br/minasgerais

Prefeitura de São Francisco finaliza obras de reforma e ampliação da Creche “Tia Dora”

22/05/2015 14:55
A Prefeitura de São Francisco do Glória finalizou as obras de reforma e ampliação da Creche Municipal Maria Auxiliadora Carvalho Laviola Mascarenhas (Tia Dora). A estrutura conta agora com novo piso, salas ampliadas, uma cozinha totalmente reestruturada, construção de uma sala de recepção, novo espaço para o refeitório, entre outros benefícios. Os banheiros já existentes foram reformados e o playground recebeu novos brinquedos, como pula-pula, escorrega, balanços. Agora, a unidade possui também o pátio coberto. O telhado, que antes era de madeira, agora tem estrutura metálica. Toda a unidade recebeu nova fachada, iluminação e pintura interna e externa. Sem contar nas rampas de entrada, para dar ao espaço maior acessibilidade.