Problemas com alagamentos e estragos pós-chuva “voltam à tona” em Muriaé

01/10/2014 16:49

Uma árvore caiu sobre dois carros na Av. J.K., perto da Casa de Saúde

Muitos estragos e sujeira puderam ser conferidos na manhã de quarta-feira

Os problemas dos muriaeenses com os alagamentos, esgotos, sujeiras e estragos pós-chuva voltaram – literalmente – à tona, depois do temporal que caiu sobre o município, entre as 18h e as 21h de terça-feira (30). De acordo com o coordenador da Defesa Civil, Felipe Perdigão, nos 11 pluviômetros espalhados pela cidade, a média da medição foi de 22 milímetros.

A região mais atingida foi a do Complexo Santa Rita, onde a obra inacabada deixou um rastro de sujeira e mais buracos. Os moradores das ruas Vicente Alves, Teodorico Torres, Dona Maricas, José Máximo Ribeiro e Santa Rita sofreram com a invasão de águas em suas residências e pontos comerciais. Os carros tiveram dificuldades de passar pelas vias, inundadas e com vários problemas de calçamento.

Na Avenida J.K., na altura da Casa de Saúde Santa Lúcia, a força dos ventos chegou a derrubar uma árvore, que atingiu dois carros estacionados na via. Ninguém ficou ferido. O 5º Distrito de Meteorologia registrou ventos de 67 km/h em Muriaé na noite de ontem.

Entre tantos problemas, o alagamento do trecho do Complexo Santa Rita voltou a provocar questionamentos da população em relação à eficácia do projeto. Foram muitas as reclamações e fotos postadas, principalmente, através das redes sociais. Por sua vez, a Prefeitura de Muriaé alega que o alagamento se deve, justamente, à paralisação da obra, já que não foram feitos, ainda, o interligamento das galerias e nem a conexão dos bueiros às margens das ruas alagadas.

Vale lembrar que as obras estão paradas há meses, devido à falta de recursos, e que, no último dia 23, os vereadores votaram a favor de um “Projeto de Realinhamento”, com liberação de R$ 5 milhões para que o Complexo seja finalizado.

Segundo o coordenador de Defesa Civil de Muriaé, não houve ocorrências de gravidade: “Foram registradas algumas quedas de árvores, que foram atendidas pelo Corpo de Bombeiros para a desobstrução das ruas. E houve um ponto de alagamento por escoamento de água em um trecho em obras no Complexo Santa Rita, no Centro. Não demorou para a água escoar”, esclarece Felipe Perdigão.

Ele também lembra que o período de chuva oficialmente começa nesta quarta-feira (1º) e é um período de aumento da atenção de quem vive em área de risco: “Todos devem ficar atentos aos sinais, como trincas, inclinação de árvores e muros, principalmente quem mora em regiões de risco de deslizamento. Já em áreas monitoradas, ao primeiro sinal de instabilidade, a orientação é acionar a Defesa Civil”, afirmou.

O coordenador destacou ainda que o Rio Muriaé está sendo monitorando e que, se houver risco de cheia, será emitido um alerta. Os moradores devem ligar para a Defesa Civil no 199 ou para o Corpo de Bombeiros no 193.

A previsão do 5º Distrito de Meteorologia para esta quarta-feira (1º) é de possibilidade de temporais. No entanto, a partir de quinta-feira (02), com a chegada de uma massa de ar seco na região Sudeste do Brasil, haverá redução da possibilidade de temporais, mas pancadas de chuvas podem ser registradas.

Fonte: Jornal de Muriaé e G1 Zona da Mata / Fotos: Teodorico Torres, Silvan Alves e Tribuna de Muriaé

Tarde movimentada em Vieiras: Agência Bancária e Casa Lotérica são assaltadas

01/10/2014 15:33

Uma Casa Lotérica e uma agência do SICOOB foram assaltadas, na tarde de ontem (30), no município de Vieiras. Do primeiro estabelecimento foram levados cerca de R$ 730,00 e, do segundo, mais de R$ 10,5 mil.

O assalto à Casa Lotérica aconteceu por volta das 13h. Segundo os atendentes, dois homens chegaram ao local em uma motocicleta de cor verde e, um deles, de posse de um revólver, anunciou o assalto, levando cerca de R$ 730,00 do caixa. A dupla fugiu, seguindo sentido São Francisco do Glória.

Acionada, a PM montou um cerco e entrou em contato com as cidades vizinhas, na tentativa de localizar os bandidos – o que ainda não aconteceu. Ainda durante o rastreamento, os militares foram informados de que havia ocorrido, também, um assalto na Cooperativa de Credito “SICOOB”, onde dois homens chegaram em uma motocicleta preta e, com uma marreta, quebraram o vidro da porta da agência.

Um dos elementos portava um revólver e anunciou o assalto. Os funcionários foram obrigados a colocar o dinheiro em uma mochila. Os bandidos levaram mais de R$ 10,5 mil da agência e fugiram, tomando rumo ignorado.

Em ambos os assaltos, as ações foram registradas por câmeras de vídeo. A Perícia Técnica também foi acionada para realizar o trabalho de praxe.

Menino de 13 anos morre afogado em São Fidélis

01/10/2014 14:51

Buscas contaram com a atuação dos Bombeiros, pescadores e populares

Pedro Henrique de Souza, de 13 anos, morreu afogado, na segunda-feira (29), no município de São Fidélis (RJ), na microrregião de Campos dos Goytacazes. Ele estava nadando com amigos no Rio Paraíba do Sul e se afogou ao tentar atravessar as águas de uma margem à outra.

A vítima desapareceu por volta das 15h, quando chegava perto das margens do rio, na altura da Rua da Igualdade. Os Bombeiros foram acionados e chegaram rapidamente ao local, dando início às buscas, com ajuda de pescadores e populares. O corpo do menino só foi encontrado duas horas depois, sendo removido para o IML de Campos. O enterro aconteceu na terça-feira (30).

Segundo informações de uma amiga da família, o adolescente saiu de casa e disse que iria para a escola, mas acabou indo tomar banho de rio com os amigos.

Fonte e Fotos: São Fidélis Notícias

Cantor Gian sofre AVC após se apresentar na festa do município de Vieiras

01/10/2014 13:56

Segundo Gian (esq.), existe uma suspeita de alteração no coração

O cantor Gian, da dupla Gian & Giovani, sofreu um AVC, na segunda-feira (29) e está internado no Hospital Albert Einstein, em São Paulo. De acordo com a assessoria de imprensa do sertanejo, ele estava retornando à São Paulo, após um show no distrito de Santo Antônio do Glória, pertencente ao município de Vieiras (cerca de 45 km de Muriaé), quando passou mal.

Gian foi levado ao hospital, onde foi confirmado que ele sofreu uma isquemia. Um boletim médico oficial deve ser divulgado nesta terça-feira. Enquanto isso, o artista permanece internado em observação. “De toda forma, afirmamos que ele passou o dia todo acordado, sem sedativos, atendendo aos amigos e familiares e aguardando o resultados dos exames”, afirma a Assessoria de imprensa Agência Produtora.

O músico de 47 anos relatou ao jornal “Extra” que existe “uma suspeita de alteração no coração”. Ele disse à publicação que atribui o AVC ao estresse após ter lido insultos contra sua mulher, Tati Moreto. “Vi umas notícias na internet relacionadas ao Instagram da minha mulher e fiquei incomodado quando li algumas colocações inadequadas e mentirosas. Ela tem quase 200 mil seguidores e isso incomoda algumas pessoas. E isso tudo me aborreceu. Não sei se foi por isso, mas logo depois comecei a me sentir mal”, relatou ele ao jornal.

Um dos comentários que teria irritado o cantor teria sido o de Zezé Di Camargo. Ele atacou a esposa de Gian, que é melhor amiga de Zilu, pelo Instagram. Confira o que ele postou: “Inclusive, uma dessas pessoas desse complô e a melhor amiga da Zilu é a esposa hoje do Gian, da dupla Gian e Giovani. Vocês sabiam que ela quando conheceu ele, ela era bailarina de um programa de TV e ele era casado? Ela se envolveu com ele, ele acabou com o casamento e está com ela. A Zilu condena a minha situação e a melhor amiga dela fez o mesmo. Que moral eles têm para julgar e me aporrinhar!”, alfinetou Zezé.

Fonte: Uol Entretenimento

Bancários de Muriaé aderem à greve por tempo indeterminado

30/09/2014 18:01

Greve foi decidida por unanimidade, após Assembleia no dia 29

 As agências bancárias da cidade estão de portas fechadas, com avisos de “GREVE”, desde a manhã desta terça-feira (30). A adesão ao movimento nacional aconteceu após uma assembleia, realizada na noite ontem, na Sede dos Empregados em Estabelecimentos Bancários de Muriaé e Região (SEEB).

De acordo com o presidente do Sindicato dos Bancários de Muriaé, Adilson Rodrigues Pereira, os grevistas pedem reajuste salarial de 12,5%, além de piso salarial de R$ 2.979,25, PLR de três salários mais parcela adicional de R$ 6.247,00 e 14º salário. A categoria também pede aumento nos valores de benefícios como vale-refeição, auxílio-creche, gratificação de caixa, entre outros. Outras reivindicações são melhores condições de trabalho, com o fim de metas consideradas abusivas, combate ao assédio moral, igualdade de oportunidades, entre outras demandas.

Estão fechadas as agências do Banco do Brasil, Bradesco, Itaú (duas), Mercantil do Brasil, Caixa Econômica Federal, HSBC. Com a paralisação, os clientes de Muriaé, a exemplo de todo o país, só passarão a contar com a presença dos gerentes para resolver determinadas questões. Os terminais eletrônicos dos bancos vão funcionar normalmente.

Vale lembrar que a greve de bancários não exime correntistas do atraso de pagamento de contas

Fotos: Tribuna de Muriaé

Inquérito sobre incêndio em ossário de Muriaé é prorrogado

30/09/2014 17:38

Foi acatado pela Justiça o pedido da Polícia Civil para a prorrogação do prazo do inquérito que apura as denúncias de armazenamento incorreto de restos mortais e o incêndio no ossário do Cemitério Municipal de Muriaé.

Com prazo inicial de 30 dias, a investigação foi instaurada no dia 13 de agosto, sendo ampliada para mais 30 dias. De acordo com a Assessoria da Polícia Civil, este prazo poderá ser estendido novamente, até a conclusão das diligências.

A prorrogação foi solicitada porque faltam depoimentos de administradores e funcionários do cemitério – alguns que não moram mais na cidade e ainda não foram encontrados. O delegado responsável pelo caso, Eduardo de Freitas da Silva, também aguarda o recebimento dos laudos necessários na apuração do caso, que incluem as respostas aos ofícios encaminhados ao Corpo de Bombeiros e à Vigilância Sanitária.

Denúncias e incêndio

O ossário do cemitério se tornou notícia após visitantes denunciarem o armazenamento incorreto de restos mortais. No dia 13 de agosto, a Polícia Civil instaurou inquérito para apurar a denúncia e verificar se gerava algum risco para moradores e visitantes. Na mesma noite, um incêndio foi registrado no local. De acordo com os bombeiros, foram necessárias mais de três horas para controlar o fogo e foram apurados apenas danos materiais.

Na época, o delegado destacou que, a partir de uma análise preliminar da perícia, a hipótese de incêndio intencional era a mais forte e que aguardava o laudo para detalhar a origem do fogo: “Nesta primeira vistoria, a hipótese de incêndio intencional é a mais forte. O local tinha restos mortais, mas não havia material combustível para gerar o volume de chamas registrados nas fotos do incêndio”, explicou Eduardo de Freitas da Silva.

Ainda segundo ele, a visita ao local levantou outros pontos para serem respondidos durante as investigações: “Queremos saber se é irregular a falta de uma cobertura e qual seria o tipo adequado para o local. Além disso, a área onde os caixões descartados eram queimados fica perto de uma boca de lobo, o que poderia causar risco de contaminação na rede pluvial”, disse.

Na época do incêndio, o administrador do cemitério, Luiz Carlos Magalhães, disse que não houve arrombamento da porta do ossário e que suspeitava de vandalismo: “Devido à repercussão, a nossa suspeita é de vandalismo, porque há casos de depredação, pichação e quebra de túmulos quase que diariamente; mas em relação ao ossário, nunca houve um caso, apenas pichação na parede externa”, concluiu.

Fonte: G1 / Foto: Silvan Alves e Perícia da Polícia Civil

A partir desta terça-feira, eleitor só pode ser preso em flagrante

30/09/2014 17:15

Isenção é válida para até 48 horas depois do encerramento das eleições

Desta terça-feira (30/9) até o dia 7 de outubro, nenhum eleitor poderá ser preso ou detido no país, salvo em casos de flagrante delito, de desrespeito a salvo-conduto e de sentença criminal condenatória por crime inafiançável. Essa restrição está prevista no Código Eleitoral (Lei 4.737/65).

A medida obedece ao Princípio das Garantias Eleitorais, baseado na tese de que ninguém poderá impedir ou atrapalhar o direito do cidadão de votar.

Caso haja eleição em segundo turno para presidente da República ou governador, previsto para o dia 26 de outubro, a proibição da prisão de eleitor passa a valer a partir do dia 21 de outubro e também vigora até 48 horas depois do encerramento da votação.

Em caso de ilegalidade na prisão do eleitor, o juiz competente deverá relaxá-la imediatamente e responsabilizar a autoridade policial. A legislação também pune atos de interferência do poder econômico e de desvio ou abuso do poder de autoridade que prejudicarem o eleitor.

Fundarte apresenta exposição “Foto Grafando” em outubro

30/09/2014 17:03

“A câmera não faz diferença nenhuma. Todas elas gravam o que você está vendo. Mas você precisa VER!”. Este misto de conclusão e conselho, deixado pelo austríaco Ernst Haas – uma das mais importantes figuras da fotografia do século 20, principalmente por seu pioneirismo no uso das cores – poderia muito bem servir de máxima para a exposição “Foto Grafando”, que entra em cartaz, nesta semana, na Fundarte.

A mostra traz 65 fotos do repórter e fotógrafo Cláudio Cordeiro, sem qualquer trabalho de edição de imagens e, em grande maioria, registradas com o uso de uma câmera semiprofissional. Segundo Cláudio, a intenção é mostrar que, mesmo na busca pela notícia, existe a preocupação de se registrar, de forma diferenciada, de ângulos diversos, e com o olhar clínico, um momento marcante, seja ele positivo ou não.

A dedicação ao trabalho fotográfico começou a partir do site de notícias “Interligado Online”, fundado por Cordeiro, há mais de seis anos, para divulgar informações sobre Muriaé e região. Com o tempo, aquilo que Haas chamava de “uma nova filosofia do olhar” surgiu no repórter, despertando-lhe a atenção para as imagens corriqueiras, para os fatos do dia a dia, que poderiam ser apresentados sob novos ângulos, contando grandes histórias.

A exposição “Foto Grafando” faz parte do Circuito Cultural Grande Hotel Muriahé, numa realização da Sociedade Musical União dos Artistas, com apoio cultural da Prefeitura e da Fundarte, e patrocínio do Grupo Energisa.

A mostra será aberta nesta quinta-feira (02), a partir das 19h30, na Galeria da Fundarte (anexo ao Terminal Rodoviária) e ficará em cartaz até o dia 31 de outubro. A entrada é franca. Mais informações pelo telefone (32) 3696-3366.