Convite: Noite de Caldos e Solidariedade

27/06/2015 16:00

Noite de Caldos

Olá galera de Muriaé e região,
Estão a fim de curtir uma música boa ,de qualidade e ainda comer aquele caldo gostoso nesse friozinho? E de quebra ajudar os animais de rua?

Então compareça na Sede dos Bombardeiros Motoclube de Muriaé, no dia 09/07/2015 as 20h.
Contamos com a presença de todos vocês!

Avenida José Máximo Ribeiro,nº568, bairro João XXIII
Perto do antigo Sabor do Forró

 

Garota Jornal de Muriaé

27/06/2015 15:00

Garota JM

Rua Benedito Valadares – destaque na cidade

27/06/2015 14:00

Rua Benedito Valadares

Alongamento de unhas: conheça as tendências

27/06/2015 13:00

 

MarianaA moda unha pede garras longas. Afinal, decorações, adesivos, películas e até releituras da boa e velha francesinha requerem alguns milímetros a mais. Mas, mantê-las impecáveis parece um sonho distante, pois a correria do dia a dia e o número de tarefas da mulher moderna é a principal inimiga de unhas crescidas e sem nenhuma lascadinha. Isso sem contar aquelas que, quando bate a ansiedade, disparam a roê-las. A missão é difícil, mas não impossível. Principalmente se pensarmos em um artifício bastante prático: alongamento de unhas.

Hoje o mercado oferece muitas opções com diferentes tipos de materiais, como acrílica, gel (silicone), fibra de vidro, entre outros. “Esses tipos de técnicas oferecem durabilidade, resistência, naturalidade e a vantagem de brilho constante”, afirma Mariana Pereira, manicure e proprietária do Instituto de Beleza Mariana Pereira.

Gel, o campeão

Segundo Mariana, o serviço que mais ganhou espaço nos últimos anos foi o silicone em gel. “Anteriormente a mais usada era a acrílica, porém o gel ganhou espaço porque é mais fácil de fazer, não tem cheiro e é hipoalergênico”, explica. Com a estrutura elástica, o gel remete a curvatura da unha natural e não descola. O serviço necessita de cabine com luz ultravioleta para secagem. A prótese é permanente e são necessárias manutenções a cada 15 dias.

Por ser um alongamento permanente não deve ser removido e colocado frequentemente, pois acaba danificando as unhas naturais. Um dos pontos negativos do gel é que ele só pode ser removido com lixas especiais e com o serviço de um profissional. “Se aplicado ou removido de maneira incorreta pode causar danos às unhas como quebra e descamação”, afirma Mariana. E, lembre-se, não tente nunca cortar o gel, ele pode causar rachaduras na sua unha natural.

Acrílico, o tradicional

 Assim como o gel, o acrílico, que usa porcelana, é uma prótese permanente que requer reparos quinzenais. Ele seca por evaporação. “Essa, porém, é a técnica mais complexa e exige maior habilidade do profissional. Com o material é possível reconstruir unhas roídas e dar uma aparência totalmente natural para as mãos”, afirma Mariana Pereira.

Fibra de Vidro

Transparentes, as unhas de fibra de vidro são feitas com o material moldado sobre a unha natural e com a ajuda de um molde para acertar o comprimento. O processo se inicia com o lixamento da unha natural, segue com a aplicação de um primeiro gel e, em seguida, a fibra. Esta técnica também pode ser utilizada para fortalecer, endurecer e aumentar a resistência da unha, sem aumentar o seu tamanho natural.

A novidade também é muito boa para quem sofre com alergia à cola usada nas unhas postiças, pois as de fibra não utilizam esse tipo de adesivo.

Dica e alerta:

A manicure, Mariana Pereira, alerta que para fazer o serviço, a unha deve estar com cutícula e saudável – sem nenhum tipo de doença, como micose, por exemplo.

“O alongamento não é recomendado para diabéticos e grávidas.”, indica Mariana.

Mariana Unhas

Mariana Rodapé

Coluna Social

27/06/2015 10:00

Coluna Social

ANATEL lança aplicativo para reclamações sobre operadoras

26/06/2015 17:19

anatel-lanca-aplicativo-para-consumidores-fazerem-reclamacoes-sobre-problemas-com-operadoras-1435334885328_300x420

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) lançou nesta sexta-feira (26) um aplicativo para tablets e smartphones que vai permitir o registro e consultas de reclamações sobre serviços de telefonia, internet e TV por assinatura.

O ‘Anatel Consumidor’, já disponível para download de forma gratuita, pode ser usado nos sistemas operacionais Android, iOS e Windows Phone. Antes, o procedimento era feito via call center ou pelo Fale Conosco, no site da agência.

Por meio do aplicativo, é possível registrar, por exemplo, reclamações referentes a problemas de cobrança indevida e a qualidade dos serviços prestados, bem como ter acesso a informações sobre diretos do consumidor.

Segundo o presidente da Anatel, João Batista Rezende, a intenção é facilitar a comunicação com o usuário e agilizar a solução dos problemas das operadoras, já que o volume de reclamações aumenta a taxas maiores que o crescimento do mercado. Só no ano passado, as reclamações somaram 2,8 milhões de registros contra as prestadoras.

“É mais um instrumento simplificado para que o usuário consiga ter acesso a direitos dele e consiga protocolar uma solicitação que ele não conseguiu resolver com a operadora”, explicou.
“O consumidor agora redige no momento em que quer e da forma que quer o seu pedido de consulta”, completou o conselheiro da Anatel Rodrigo Zerbone.

Antes de recorrer à novidade, é necessário ter feito a queixa à operadora. Após baixar o aplicativo, é preciso fazer um cadastro para, então, registrar a reclamação que não foi resolvida pela empresa.

O usuário também tem que informar o protocolo do atendimento da operadora.  Finalizado o registro via aplicativo, a reclamação é enviada automaticamente às empresas, que têm prazo de cinco dias úteis para dar uma resposta. Se o problema não for resolvido, a informação passa a fazer parte do índice de desempenho das operadoras, cujo ranking está disponível no site da Anatel.

Redução de custos
Com o aplicativo, a agência espera também reduzir os gastos com o serviço de call center da agência, que possui cerca de 700 funcionários e gera uma despesa mensal de até R$ 3 milhões.

O presidente não estimou, no entanto, em quanto deverá ficar a economia.  Hoje, 65% dos usuários utilizam o call center e 35% fazem as solicitações via internet, na página da agência. No médio e longo prazo, a ideia é fazer com que todas as solicitações migrem para a internet.

Férias de julho: como se planejar?  

26/06/2015 17:14

calendariotax

Meio do ano é aquele período em que os pais tentam tirar uns dias de folga do trabalho, colocam a criatividade pra funcionar e fazem um esforço financeiro para realizarem uma viagem e passar mais tempo junto de sua família, principalmente quando se tem filhos, pois eles entram em férias escolares. Entretanto, outro cenário bem comum é as pessoas não se programarem para isso, comprometendo o orçamento financeiro.

Se você é daqueles que toda vez, no mesmo período do ano, senta com a família, faz um diagnóstico da vida financeira, analisa a situação e já se planeja para todas as ocasiões que podem ser previstas – gastos repetitivos e com datas comemorativas e férias, por exemplo –, parabéns! Você é educado financeiramente e tem condição de realizar todos os seus objetivos e sonhos, bem como os de sua família, sem frustrações.

No entanto, infelizmente, essa não é a realidade de boa parte da população, que não recebeu orientação alguma de hábitos corretos em relação ao uso e à administração dos recursos financeiros, apenas aprendeu a gastar, para depois se preocupar em como irá honrar com seus compromissos. A consequência desse comportamento impulsivo e não consciente é de transformar sonhos em pesadelos, pois, mesmo quando se consegue realizar, pagar por ele pode ter efeitos desastrosos para as finanças.

Então, o primeiro passo para que a tão desejada viagem em família não se transforme em uma constante preocupação é planejamento. Um passeio assim possui gastos intrínsecos, como transporte, estadia, alimentação, telefonia, dentre outros. Por isso, é preciso levar em consideração todas essas despesas no momento em que estiverem calculando o valor total da viagem. Daí o motivo de se programar com antecedência, para avaliar todos os aspectos, pesquisar os melhores preços e condições e poupar para pagar à vista, se possível.

Minha orientação para quem não viu nada sobre viagem até o momento é começar a se planejar para realizar um passeio muito melhor no final do ano ou até mesmo no meio do ano que vem. Sei que a ansiedade de curtir o momento é grande, mas tomar atitudes mais conscientes tem mais vantagens, tanto em curto quanto em longo prazo. Outra dica é analisar bem qual destino cabe melhor no orçamento financeiro e, se for necessário, mude o local da viagem, para aproveitarem melhor.

Se decidirem por postergar a viagem, não significa que não possam fazer nada para aproveitarem agora. Pensem em programas culturais, pontos turísticos, piquenique no parque, enfim, tem diversas opções para gastar pouco. Mas, caso já tenham se programado para realizar esse passeio em família agora em julho mesmo, a cautela deve ser com as despesas durante a viagem, com compras, lembrancinhas, etc. É importante estabelecer um limite de gasto antes mesmo de saírem de casa.

Essa orientação vale para as crianças também; elas precisam entender minimamente a situação e saber que há limites. Acreditem, os pequenos entendem muito mais do que pensamos. Se a viagem for para fora do país, o cuidado deve ser dobrado, afinal de contas, além da conversão da moeda, quando se utiliza o cartão de crédito – ou o pré-pago –, por exemplo, é cobrado o IOF (Imposto sobre Operações Financeiras), que representa 6,38% do valor gasto.

Tendo educação financeira e planejamento, as férias serão o que devem ser: um momento de descontração e união.

Reinaldo Domingos, Educador e Terapeuta financeiro

Fernando Pimentel recebe o Grande Colar do Mérito da Defensoria Pública

26/06/2015 16:01
Governador Fernando Pimentel discursa durante solenidade na Defensoria Pública

Governador Fernando Pimentel discursa durante solenidade na Defensoria Pública

Governador ressalta o trabalho da instituição na garantia do acesso do cidadão à Justiça

O governador de Minas Gerais, Fernando Pimentel, orador oficial e agraciado do Grande Colar da Defensoria Pública, destacou nesta sexta-feira (26/6), em Belo Horizonte, durante a solenidade de entrega da comenda, a importância do trabalho desenvolvido pelo órgão na defesa dos direitos dos cidadãos mineiros. “Ela está sempre presente onde o direito está sendo ameaçado e trabalha em Minas Gerais com uma visão moderna do papel do agente público, antecipando o problema, desafogando o Judiciário do que se tornariam processos judiciais”, afirmou.

Pimentel se comprometeu em dar mais autonomia à Defensoria Pública mineira e a colocar em prática a Emenda Constitucional 80/2014, que prevê o fortalecimento da instituição. “Se nós cumprirmos a emenda, teremos feito um excelente serviço, não para a Defensoria, mas para o cidadão. É um compromisso que faço com vocês, apesar das dificuldades financeiras. Isso não pode ser empecilho para a gente assumir essa causa”, destacou o governador.

O Grande Colar do Mérito, recebido por Pimentel, é o grau máximo da homenagem concedida anualmente pela Defensoria Pública a autoridades que contribuíram para o engrandecimento da instituição.

Em seu discurso, a defensora geral do Estado, Christiane Neves Procópio Malard, ressaltou a necessidade, cada vez maior, de ampliar o acesso à Justiça no Brasil, destacando que, para isso, é fundamental a institucionalização da Defensoria e da Justiça. “Estamos em júbilo pelo fato de comemorarmos 39 anos de atuação, neste ano. A Defensoria tem uma média de 180 mil prestações jurídicas por mês”, salientou.

Para ela, o acesso à Justiça é um “direito de todos” e o maior desafio da Defensoria é expandir sua atuação para novas comarcas, o que exige o apoio do governo estadual. Hoje, há 296 comarcas no Estado, sendo que 103 possuem defensores públicos. “Agradeço ao governador Fernando Pimentel pelo orçamento da Defensoria, repassado integralmente mesmo em período de contingenciamento de despesas”, completou.

Além de Pimentel, outras 59 personalidades foram homenageadas com as designações Medalha de Honra e Comenda do Mérito.

Também participaram do evento o vice-governador de Minas Gerais, Antônio Andrade, o presidente da Assembleia Legislativa, Adalclever Lopes, o presidente do Tribunal de Justiça do Estado, desembargador Pedro Bitencourt Marcondes, o procurador-geral de Justiça, Carlos André Mariani Bittencourt, além de secretários de Estado, deputados federais e estaduais, vereadores, lideranças políticas e outros representantes do Poder Judiciário.

Governador Fernando Pimentel, a defensora geral do Estado, Christiane Neves Procópio Malard, e demais integrantes da mesa na solenidade da Defensoria Pública

Governador Fernando Pimentel, a defensora geral do Estado, Christiane Neves Procópio Malard, e demais integrantes da mesa na solenidade da Defensoria Pública

Governador Fernando Pimentel, presidente da Assembleia Legislativa, Adalclever Lopes, e presidente do Tribunal de Justiça de Minas Gerais, Pedro Bitencourt Marcondes, durante solenidade na Defensoria Pública

Governador Fernando Pimentel, presidente da Assembleia Legislativa, Adalclever Lopes, e presidente do Tribunal de Justiça de Minas Gerais, Pedro Bitencourt Marcondes, durante solenidade na Defensoria Pública

Crédito das Fotos:Manoel Marques e  Carlos Alberto/Imprensa MG