Prefeito apresenta balanço das condições encontradas pela atual Administração

19/04/2017 15:32

Prefeito-faz-prestação-de-contas-sobre-situação-de-Muriaé

 

O prefeito Grego apresentou o balanço da situação que a Prefeitura de Muriaé foi recebida pela nova gestão em janeiro deste ano. Segundo o prefeito, os dados foram coletados ao longo dos cem primeiros dias de governo e têm o objetivo de informar a população e nortear as ações das secretarias.

O prefeito frisa que o objetivo do balanço foi “apenas apresentar um diagnóstico do que foi entregue à nossa Administração”. “Não estamos fazendo juízo de valor. Estamos apenas mostrando o que foi entregue. O juízo de valor fica a critério de cada um. A nossa postura não é uma postura de mostrar ‘feridas’, apenas apresentar o que foi e como foi entregue”, destaca.

Grego explicou ainda que o balancete foi apresentado somente agora, em aproximadamente cem dias de governo, devido às demandas prioritárias a serem resolvidas de maneira imediata pela nova gestão, como por exemplo, merenda escolar, medicamentos e funcionamento da máquina administrativa, o que requereu, segundo o prefeito, uma atenção especial da Administração.

Os dados foram apresentados à imprensa na manhã de quarta-feira (19), na sala de reuniões da Secretaria Municipal de Educação, que está localizada no primeiro andar do Centro Administrativo. O encontro contou também com a presença de secretários municipais e vereadores.

Através de slides, Grego demonstrou detalhadamente a situação estrutural de cada secretaria e das autarquias – Demuttran, Demsur e Fundarte -, assim como prédios públicos, veículos sucateados, obras e contratos públicos que estão paralisados.

O prefeito afirma ter se assustado com as condições que a cidade foi encontrada em todos os aspectos – finanças, infraestrutura, documentos, entre outros fatores -, mas mantém uma postura otimista em relação ao futuro. “Apesar de todas as dificuldades encontradas no início dessa nova gestão, estamos trabalhando para construir um novo caminho para Muriaé”, diz, informando que será contratada uma empresa especializada em auditoria para ver questões pertinentes a todos os setores da Prefeitura.

Por fim, Grego informou que uma nova coletiva de imprensa está marcada para a manhã do dia 17 de maio, no mesmo local, quando serão apresentadas as ações que a atual Administração está realizando na cidade em seus primeiros quatro meses.

Confira abaixo o resumo da prestação de contas que foi apresentada:

SECRETARIA DE FAZENDA

Muriaé recebeu no dia 30 de dezembro de 2016, referente ao Fundo de Participação dos Municípios, o montante de R$ 2.041.365,01. O valor, recebido em caráter extraordinário pela repatriação de recursos do exterior, já está incluso no “saldo bancário de recursos próprios” informado abaixo. Mesmo com este aporte, que foi comprometido com as despesas de “restos a pagar”, houve déficit, conforme apresentado a seguir:

Situação financeira de recursos próprios – 31/12/2016:

  • Saldo bancário de recursos próprios: R$ 2.884.714,50;
  • Restos a pagar empenhados com recursos próprios: (-) R$ 2.204.603,42;
  • Restos a pagar não empenhados com recursos próprios: (-) R$ 970.260,35;
  • Déficit financeiro de recursos próprios: (-) R$ 290.149,27.

Outros números:

  • Restos a pagar com recursos de operação de crédito (PMAT): (-) R$ 428.550,18;
  • O saldo devedor de operações de crédito referente ao programa PMAT é de R$ 6.183.391,33. O município efetua pagamento mensal no valor de aproximadamente R$ 110.000,00/mês até agosto de 2022;
  • Restos a pagar de recursos de convênios, programas da saúde, educação e assistência social: (-) R$ 3.182.627,97.

Situação financeira geral em 31/12/2016:

Total de restos a pagar (2017): R$ 699.754,96;

Total de dívidas (longo prazo): R$ 18.146.867,12.

Condições gerais – No setor fiscal da Prefeitura, o sistema Valor Adicional Fiscal (VAF) se encontrava sem manutenção ou treinamento dos usuários, gerando prejuízo na arrecadação do repasse do ICMS. No setor de Informática (TI), os equipamentos se encontravam sucateados ou sem condições de uso. Também não havia interconexão entre os entes públicos, ocasionando dificuldades na execução dos serviços de arrecadação municipal.

 

PROCURADORIA JURÍDICA

Precatórios / Judicialização da Saúde – O valor total devido em precatórios é de R$ 4.275.667,83. Este montante inclui a questão da chamada “judicialização da saúde”, com o descumprimento de ordens judiciais referentes a pagamentos de consultas, exames, internações, cirurgias, medicamentos, entre outros.

 

SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO

Arquivo Público Municipal – Encontrado com móveis sucateados e com documentos jogados e/ou amontoados. Além disso, o local está inadequado, sem espaço físico para receber o arquivamento de novos documentos.

Cemitérios Municipais (cidade e distritos) – Muriaé tem uma média de 800 sepultamentos ao ano, porém, os cemitérios municipais estão sem capacidade de construção de novos túmulos. Em relação às condições encontradas, foram verificados muros caídos, capelas necessitando de reformas, rachaduras, vidros, telhados, forros e portões quebrados, lixo acumulado, além de instalações administrativas em péssimo estado.

Setor de Tecnologia da Informação – Recebido com equipamentos sucateados, sem condições de uso e sem infraestrutura de interconexão de todos os entes públicos. A estrutura de rede foi encontrada em estado precário, com cabos de péssima qualidade, passados sem critério técnico por cima do forro de gesso no teto do Centro Administrativo, gerando instabilidade do site oficial da Prefeitura e do Portal da Transparência.

Frota de Veículos – Composta por 151 veículos em 1º de janeiro de 2017. Deste total, 54 estão sem condições de transitar, enquanto outros 50 foram recebidos com necessidade de reparos diversos – tais como pneus, amortecedores, conserto de motor, cano de descarga, etc. Destaca-se, ainda, que um veículo foi furtado no dia 6 de setembro de 2016, dentro do almoxarifado da Secretaria de Saúde, no Centro Dom Delfim.

Defesa Civil – As condições encontradas foram consideradas inviáveis para atender a demanda de trabalho. Sede em péssimas condições físicas, aparelho de ar condicionado quebrado e ambiente pequeno para comportar cinco servidores. O veículo do setor também foi recebido sucateado, sem condições de transitar. CLICK EM CONTINUE LENDO E CONFIRA MATÉRIA COMPLETA…………………………..

(mais…)

Demsur alerta a população dos distritos para não descartar lixo fora do horário de coleta

06/04/2017 16:40
unnamed (2)
unnamed (3)O Demsur alerta a população dos distritos de Muriaé para que os moradores evitem descartar lixo nas vias públicas e pede que o material a ser coletado seja exposto nos dias e horários determinados.

A cena, que tem sido corriqueira em alguns distritos, polui as localidades deixando um aspecto de descuido por parte da administração pública. Contudo, este fato não condiz com a realidade, uma vez que o caminhão de coleta passa rigorosamente nos dias e horários estabelecidos no cronograma.

Um funcionário do Demsur flagrou dois cavalos remexendo o lixo, que foi colocado na rua fora do horário da coleta. O fato aconteceu no distrito de Belisário.

O Demsur pede a colaboração da população no manuseio do lixo. A forma de armazenamento e o respeito aos dias e horários da coleta são de extrema importância para que a cidade fique limpa.

Veja no link os horários que a coleta acontece no seu distrito

Demsur resolve vazamento de água no João XXIII

06/04/2017 16:37


20170406155327_519

Os funcionários do Departamento de Água e Esgoto do Demsur  de recuperaram um vazamento de água na Rua Judith Pompei, no bairro João XXIII. Logo que foram notificados, os técnicos se dirigiram para o local e iniciaram os reparos, conseguindo que a água fosse cortada por pouco tempo, cerca de uma hora. Os serviços já estão finalizados e a água já foi religada.

PCMG deflagra operação “Bomboniere II” em Juiz de Fora e região

06/04/2017 16:30

unnamed

unnamed (1)Na manhã desta quinta-feira (06), a Polícia Civil de Minas Gerais deflagrou a operação “Bomboniere II”, como desdobramento da ação desencadeada em fevereiro que resultou na maior apreensão de drogas sintéticas da história da cidade, avaliadas em aproximadamente 1,5 milhão. Foram efetuadas as prisões de três irmãos, de 22, 24 e 27 anos, que seriam os donos das drogas apreendidas anteriormente. O trio seria responsável pela distribuição delas em todo Brasil. Outro homem, de 20 anos, que seria funcionário dos suspeitos, também foi localizado. De acordo com informações do titular da Delegacia Especializada de Antidrogas, delegado Rafael Gomes, eles foram presos no município de Rio Novo. Seis mandados de busca e apreensão também foram cumpridos em Juiz de Fora, São João Nepomuceno e Rio Novo. De acordo com o delegado, foram apreendidos 2.000 pontos de LSD, haxixe, maconha, além de três veículos, sendo um Golf, um Audi e uma caminhonete Amarock. Além desses resultados, em fevereiro, a PCMG localizou mais de 22 mil pontos de LSD, 3.450 comprimidos de ecstasy e 1,6 quilos de MD, bem como prendeu um jovem de 22 anos, suspeito de guardar e vender a droga. Os jovens de 20 e 22 anos não possuem passagens pela Polícia. Já os outros possuem processo em tramitação na Justiça Federal pelo crime de tráfico de drogas sintéticas. Eles foram encaminhados ao Centro de Remanejamento do Sistema Prisional (Ceresp) de Juiz de Fora.

Centro de Referência busca incrementar a piscicultura ornamental em Minas Gerais

04/04/2017 16:34

Márcio Onibene


Carpa ornamental

Placa de inauguração

O Centro de Referência em Piscicultura Ornamental de Água Doce, inaugurado, na segunda-feira, 3 de abril, no Campo Experimental da Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais – EPAMIG -, em Leopoldina, surgiu com a função de atender a demanda de criadores e produtores por tecnologias para o incremento da atividade.

“Estamos começando o trabalho com variedades de quatro espécies de peixes ornamentais apontadas pelos piscicultores da região. O objetivo é fazer do Centro um local para a formação de profissionais, por meio de estágios e bolsas, e para o desenvolvimento e consolidação de tecnologias, que, posteriormente, serão repassadas, em publicações, treinamentos e eventos técnicos”, informa a pesquisadora da EPAMIG e coordenadora do Centro, Elizabeth Lomelino.

O professor da Universidade Federal de Ouro Preto Mauro Schettino de Souza, que coordena o projeto junto com a pesquisadora Elizabeth, avalia que o Centro vai melhorar a geração e a difusão de técnicas e informações que influenciarão no aumento da produtividade e da qualidade. “Cerca de 70% da produção de peixes ornamentais no Brasil está concentrada na Zona da Mineira. Entretanto faltam pesquisas, bibliografia e especialistas para atenderem a esses piscicultores, por exemplo, na busca por linhagens, matrizes qualificadas e rações balanceadas”, afirma.

Produtor de peixes ornamentais desde 1988 no município de São Francisco da Glória, Márcio Onibene, aposta na organização do setor para a oferta de melhores produtos. “O Centro é nossa esperança para a introdução de novas variedades, combate a doenças e desenvolvimento de rações que atendam as necessidades específicas de cada espécie”, comenta o piscicultor, que forneceu algumas das espécies e variedades para a nova unidade. Além da produção própria de cerca de 35 espécies, a empresa de Onibene comercializa variedades que compra de outros produtores da região. “Atualmente, trabalhamos com quase 200 espécies de peixe ornamental que são vendidas para várias regiões do país”.

O empreendedor Semir Campos produz cerca de 20 espécies de peixes ornamentais em aquários urbanos em Belo Horizonte. “Estou na transição de hobby para produção comercial. E busco informações e contatos para a estruturação do meu negócio”, conta o produtor responsável pelos peixes da espécie Guppy do Centro de Referência.

Novo espaço

Durante a inauguração, o presidente da EPAMIG, Rui Verneque, afirmou que o Centro de Referência tem como função gerar informações que contribuam para a consolidação da atividade no estado e, em especial, nos oito municípios produtores da região: Barão do Monte Alto, Eugenópolis, Miradouro, Muriaé, Patrocínio do Muriaé, Rosário da Limeira, São Francisco do Glória e Vieiras. “A inauguração deste espaço é um marco. Mas, o que vem a partir de agora será ainda mais importante, o impacto deste trabalho para a atividade e para os piscicultores da região”.

O secretário de Agricultura, Pecuária e Abastecimento de Minas Gerais, Pedro Leitão, ressaltou a importância do alinhamento com as demandas do setor produtivo. “Os números atuais das atividades agropecuárias, demonstram, mais uma vez, que vem do campo, do produtor rural o caminho para a recuperação da economia do país. E o nosso trabalho, da EPAMIG e do Governo de Minas Gerais é oferecer estruturas como esta e todo o suporte necessário”, afirmou.

Fotos: Zona da Mata responde por 70% da produção nacional de peixes ornamentais

Centro de Referência vai atender produtores de oito municípios da Zona da Mata Mineira

Produtor Márcio Onibene forneceu peixes ornamentais para a nova unidade

Créditos: Erasmo Pereira/EPAMIG

Prefeitura oferece vagas de estágio na Secretaria de Obras

04/04/2017 15:56

ESTAGIO

Estudantes matriculados entre o terceiro e o oitavo período dos cursos de Engenharia Civil ou de Arquitetura e Urbanismo podem concorrer às quatro vagas que a Prefeitura de Muriaé irá oferecer para estágio na Secretaria de Obras Públicas e Urbanismo. As inscrições são gratuitas e devem ser feitas presencialmente entre os dias 05 e 20 de abril, no segundo andar do Centro Administrativo. O valor da remuneração é de um salário mínimo (R$937).

A prova escrita será realizada no dia 26 de abril e terá 30 questões objetivas, além de uma discursiva. Os 15 melhores colocados serão classificados para a avaliação prática, no dia 8 de maio. Segundo o edital, a data provável para contratação dos aprovados será o dia 29 do mesmo mês.

Para o prefeito Grego, o estágio é uma das etapas mais importantes para a formação profissional. “Atuando na Prefeitura, os estudantes vão adquirir conhecimento e experiência, fatores que farão a diferença em suas carreiras no futuro, além de auxiliar a Administração a prestar melhores serviços aos muriaeenses”, pontua.

Acidente entre duas motos deixam dois feridos no Bairro José Cirilo

04/04/2017 10:40

9e7f34ab-2f1f-4dc1-b28d-628311632f0c-Copy

4e8a46b4-f0cc-482b-b6d4-e4d1058165e3-Copy

33889bfe-286a-4c3f-9c17-47d8813551d4-CopyDuas motos bateram na Av. Altino Pereira Rodrigues, bairro José Cirilo, na manhã desta terça-feira, por volta das 07h e deixou duas pessoas feridas. Segundo informações, um dos motociclistas perdeu o controle da direção, caiu e bateu de frente com a outra moto que transitava no sentido contrário. Os dois motociclistas foram socorridos pelo Corpo de Bombeiros com ferimentos no braço e perna e várias escoriações pelo corpo, sendo encaminhados para o HSP

Conselho de Meio Ambiente da Prefeitura de Muriaé Gerencia podas e cortes de árvores na cidade

04/04/2017 10:34

unnamed (2)

unnamed (5)

unnamed (4)

O Conselho de Defesa do Meio Ambiente (CODEMA), da Prefeitura de Muriaé, se reúne nas últimas quintas de cada mês para decidir sobre podas e cortes de árvores em ruas e quintais. Na última reunião (30), uma série de casos foi apresentada para os técnicos que avaliaram caso a caso e definiram se era viável ou não realizar a poda ou corte em cada ocorrência. O objetivo do Conselho é proteger o meio ambiente, solucionar possíveis conflitos e zelar pelas árvores que trazem frescor e qualidade de vida para a cidade. O secretário de Agricultura e Meio Ambiente, Manoel Carvalho, explicou que existem muitos casos de divergência entre vizinhos de terra ou de residências em Muriaé. “Temos casos de parentes que discordam na hora de retirar ou não uma árvore. Estes assuntos são levados para especialistas em meio ambiente e definidos de acordo com a melhor forma para manter a conservação ambiental”, esclareceu. Todas as pessoas que precisarem de poda e corte de árvores devem procurar a Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente. Ali, elas vão receber aconselhamento e os devidos encaminhamentos. Para isso, devem procurar a sala de atendimento, localizada no 2º andar do Centro Administrativo e registrar a sua necessidade ou dúvida com relação a poda ou corte de árvores. O telefone para contato é 3696 3370.

PREFEITURA TRABALHA PARA PRESERVAÇÃO AMBIENTAL EM MURIAÉ

O CODEMA é formado por membros da Prefeitura (representantes das secretarias), diretoria do Setor de Endemias, Polícia Ambiental, Emater, IMA e ambientalistas. “Além da questão das árvores na área urbana, a Prefeitura, junto com o CODEMA, também está trabalhando para aumentar a proteção das nascentes e das nossas águas. Queremos construir um novo caminho para Muriaé, com desenvolvimento e sustentabilidade”, explicou o Prefeito Grego.

Fonte: PMM