Jovem de Miradouro morre em acidente entre moto e ônibus

31/03/2015 9:46

O verdureiro, Daniel Ferreira Dias, de 28 anos, morador de Miradouro, morreu, na última sexta-feira (27/03), em um acidente trágico, registrado na BR-116, por volta das 22h45. A vítima, conhecida como “Sapim”, invadiu a contramão em sua motocicleta, batendo de frente com um ônibus da viação ENTRAM, que seguia de São Paulo para Seabra (BA).

Segundo o condutor do coletivo, ele chegou a piscar o farol do veículo várias vezes para que o motociclista saísse da contramão, no entanto, “Sapim” não desviou sua moto, que, com o choque, foi dividida em duas partes. Havia 15 passageiros no ônibus, mas nenhum deles sofreu ferimentos.

Já Daniel Ferreira Dias ficou bastante ferido e não resistiu, morrendo no local. Uma faca, que pertencia a ele, ficou “fincada” na lataria do ônibus. Segundo informações, o verdureiro havia comprado a moto há pouco tempo e ainda não possuía CNH.

O corpo foi velado na Capela do Hospital de Miradouro, durante o sábado (28/03), e o sepultamento aconteceu às 17h.

Fonte: Paulo Roberto da Rádio

Copa Thai Fighters de Muaythai: atletas de Muriaé vencem cinco de seis lutas

31/03/2015 8:46

Lucas Marinho, Vanessa Santos, Hugo Souza, Édson Silva e Wverllan Braga – esses são os nomes dos muriaeenses que protagonizaram um espetáculo de muaythai durante a “Copa Thai Fighters”, um duelo entre lutadores de Minas e do Rio de Janeiro, realizado no sábado (28/-3), no Centro de Treinamento Thai Fighters, em Muriaé.

Das seis lutas da competição, cinco foram vencidas por atletas da cidade. A primeira foi entre o muriaeense Lucas Marinho e o carioca Matheus Medeiros Ferreira (Império da Luta). Estreante nos ringues, Lucas entrou confiante e venceu adversário por decisão unânime dos jurados – 3 a 0. “Esta vitória é um sentimento inexplicável. Confiei em Deus e na minha preparação técnica. Se não fosse o treinamento pesado e as técnicas repassadas pelo mestre, não sei se seria capaz de fazer o que fiz. Agora é esperar outras lutas”, disse Lucas.

Já na segunda luta, apesar dos esforços do atleta da equipe Thai Fighters de Miraí, Matheus Xavier, a medalha foi para o carioca Carlos Mateus, da equipe Onça Muaythai. Para ele que, assim como o mineiro, é estreante em competições, levar a medalha para o Rio é gratificante: “Foi uma luta difícil. Estou muito feliz com a vitória. Vencer fora de casa foi muito bom”, afirmou.

Já a única luta feminina da Copa foi protagonizada pela muriaeense Vanessa Santos e a carioca Vitória Hellen (Império da Luta). Vanessa marcou sua estreia no ringue com uma vitória de 3 a 0, uma decisão unânime dos jurados: “Vencer é muito emocionante, é muito bom. Fico pensando em todos os treinos, nas manoplas. Mas tudo isso compensou”, conta Vanessa.

Já a quarta disputa levou o público ao delírio. Considerada a melhor da noite pela organização do evento, a luta foi protagonizada pelos adolescentes Hugo Souza (muriaeense) e Marcos Cherrir, do Rio, da Império da Luta. No ringue, os lutadores pareciam “gigantes” e, apesar das técnicas e esforços de Cherrir em vencer Hugo, a medalha ficou em Muriaé. “Para mim é uma felicidade enorme vencer esta luta, a minha primeira. Treinei muito para esta disputa. Demorei para acreditar que tinha ganhado a medalha de ouro”, contou Hugo, de 14 anos, que foi ovacionado pelo público e pelos atletas da equipe Thai Fighters.

A luta seguinte – uma das mais aguardadas da noite – também foi um duelo de gladiadores. Só que o veterano Édson Silva levou a melhor. O muriaeense venceu o carioca Bernardo Carvalho Morais no segundo round por nocaute técnico: “Foi muito difícil. O cara também era muito forte, mas conseguimos. Essa vitória é o resultado do treinamento que o mestre faz conosco. Foi um show de luta. A vitória estava engasgada. Infelizmente, não pude lutar no campeonato mineiro, porque o atleta que ia lutar comigo, na época, desistiu. Nós, que somos atletas, temos sonho de estar dentro do ringue, ganhando ou perdendo. A cada dia temos que superar. A vitória é apenas uma consequência de um trabalho sério e dedicado”, ressaltou Édson.

Já a última disputa foi uma luta equilibrada. Para conquistar a medalha, o atleta da equipe Thai Fighters de Muriaé, Wverllan Braga, também estreante, teve que, literalmente, suar muito para vencer o carioca Diogo Dias (Império da Luta) por 2 a 1. “Essa estreia é um sonho realizado. Estou muito feliz. É uma experiência inacreditável. O combate foi muito bom, mesmo o meu adversário tendo 10 kg a mais do que eu. Fiz o meu melhor”, destacou.

Segundo o organizador da Copa, Gilbert Almeida, presidente da Federação de Muaythai Mineira, esta é a primeira de “muitas competições que acontecerão na cidade”: “Foram grandes lutas entre Rio e Minas. Os atletas estavam muito bem preparados. Com este evento, juntamente com outros que já realizamos, vamos trazendo o título de polo do Muaythai de Minas Gerais para Muriaé. Aos poucos, vamos trazendo a cultura desta arte marcial para o município”, finalizou.

Unidade Miraí da Votorantim Metais fica entre as melhores minas em ranking nacional

31/03/2015 8:24

A Unidade Miraí da Votorantim Metais ficou bem posicionada em diferentes categorias no ranking anual das 200 maiores minas brasileiras, feito pela revista “Minérios e Minerales” – publicação direcionada aos setores de mineração, metalurgia e siderurgia de todo o Brasil – de acordo com o ano-base de 2013 e divulgado no fim de 2014.

No ranking da publicação, a Unidade Miraí ficou em 5º lugar nacional em produção de bauxita, com 3,8 milhões de toneladas produzidas, e em 46º em produção de minério bruto em geral.

Os investimentos em preservação ambiental também foram destaque: o montante de R$ 5,5 milhões investidos em 2013 rendeu o 9º lugar na categoria. Uma das prioridades da Votorantim Metais, a segurança, rendeu à unidade miraiense o 12º lugar no Brasil entre as minas com maior número de horas trabalhadas sem acidentes com afastamento, assim como a 29ª posição no que se refere ao valor de investimentos no setor, com R$ 500 mil aplicados em Segurança.

Com área total de 540 hectares, a Unidade de Miraí entrou em operação em 2008 e emprega 360 pessoas – entre empregados próprios e terceirizados. Os resultados positivos refletem os investimentos totais feitos em suas operações, que chegaram a R$ 9,2 milhões em 2013, classificando-a em 31º lugar na categoria.

De acordo com o gerente das Unidades da Zona da Mata da Votorantim Metais, Christian Fonseca de Andrade, os bons posicionamentos da Unidade Miraí refletem o compromisso da empresa em atuar de forma responsável: “Isso demonstra todo nosso empenho em gerar resultados satisfatórios para a Companhia, ao mesmo tempo em que atuamos de forma consciente no que se refere à segurança dos empregados e respeitando o meio ambiente”.

Sobre a Votorantim Metais

A Votorantim Metais é uma empresa do Grupo Votorantim, um dos maiores conglomerados empresariais da América Latina. A companhia possui dezessete unidades: onze no Brasil, quatro nos Estados Unidos, uma na China e uma no Peru. A Empresa é a maior fabricante de níquel eletrolítico da América Latina, líder no mercado brasileiro de alumínio e uma das cinco maiores produtoras de zinco do mundo.

Homem é executado em posto de combustíveis de Divino

30/03/2015 11:21

Fernando Uzai, de 54 anos, foi morto com dez tiros

O caminhoneiro Fernando Uzai, de 54 anos, foi assassinado, na última sexta-feira (27), no pátio de um Posto de Combustíveis, localizado na BR-116, em Divino. Ele foi atingido por 10 tiros por um homem que chegou na garupa de uma motocicleta.

A vítima estava acompanhada do filho, que acabou sendo baleado no braço e levado para o Hospital de Carangola. No momento do crime, Fernando Uzai havia parado perto de uma bomba para encher um galão com água. Ele foi atingido nas costas, pernas e cabeça.

Testemunhas indicaram que os autores eram dois homens que estavam em uma Honda Titan preta, trajando calça jeans e jaqueta preta.

Após ser periciado, o corpo foi encaminhado ao IML de Muriaé.

Fonte: Jornal O Campeão

Frota da PM de Minas Gerais será terceirizada

30/03/2015 10:48

Coronel Bianchini conversou com a tropa e com comandantes de área da 4ª RPM para definir estratégias

Em visita rápida a Juiz de Fora, no dia 26, para um contato próximo com a tropa, o novo comandante geral da Polícia Militar de Minas Gerais, coronel Marco Antônio Bianchini, anunciou a terceirização da frota de viaturas da corporação. Prevista para acontecer até o fim do ano, a medida deve pôr fim ao sucateamento dos veículos e consequente desaparelhamento.

O coronel também reforçou o anúncio feito anteriormente sobre a contratação de nove mil policiais militares até 2017: “O que vai prevenir o crime é a presença policial na rua. E disso nós estamos cuidando”, garantiu. Entre os projetos para uma PM “mais efetiva” também está a digitalização da rede de comunicação via rádio, a fim de aumentar a segurança, e estratégias de policiamento voltadas para o combate da criminalidade violenta e do tráfico de drogas, sem perder de vista a polícia comunitária, direcionada ao atendimento do cidadão.

O militar lembrou que a terceirização da frota havia sido interrompida no Governo anterior e, agora, será retomada para assegurar mais viaturas nas ruas. “O governador (Fernando Pimentel-PT) já nos autorizou a iniciar o processo de terceirização de nossa frota. Iremos fazer um projeto para cidades com mais de 80 mil habitantes para locar viaturas durante três anos. Serão 2.700 veículos e, certamente, Juiz de Fora será contemplada com isso”, disse o coronel Bianchini, natural de Ubá, também na Zona da Mata. A locação desses veículos é feita com a garantia de manutenção. A empresa que for contratada terá que manter a viatura em condições de rodar 24 horas. Já estamos iniciando os procedimentos para o processo licitatório e acredito que, até o final do ano, estaremos com a frota da PM renovada.”

Com ênfase no policiamento ostensivo, o comandante ubaense não quer só colocar mais carros nas ruas, mas também militares: “O governador autorizou a PM a contratar 3.150 policiais. Já abrimos o edital para a Região Metropolitana e vamos abrir agora os editais para o interior do estado, com 1.600 vagas. É bom salientar que o governador já nos deu a promessa de mais três mil homens no ano que vem e outros três mil em 2017, totalizando nove mil”.

A estratégia, segundo o coronel Bianchini, é tornar a PM mais efetiva. “Tenho falado com os comandantes para investirem muito em operações direcionadas à segurança do cidadão de bem. Temos que tornar a polícia mais ostensiva, com aumento do nosso pessoal e gerenciamento da nossa frota, para que tenhamos militares e equipamentos em condições de prestar o melhor serviço.”

Desafio de conter homicídios

A localização próxima à fronteira com o Rio de Janeiro e a recente incidência de crimes violentos comuns em grandes centros, como assaltos a residências e roubos à mão armada de veículos, além dos homicídios, estão sendo consideradas no lançamento das ações policiais, afirmou o comandante geral da PMMG. “Estar em uma área de fronteira é uma situação que nos preocupa e, por isso, Juiz de Fora tem um contingente policial maior do que muitas outras cidades. Esses crimes não vêm aumentando só na região fronteiriça com o Rio não, mas em todo o estado. De 2010 a 2014, tivemos quase 100% de aumento. É alarmante. Mas neste ano estamos conseguindo conter”, afirmou, apontando redução em torno de 12% dos homicídios em Minas.

Na cidade, os assassinatos chegaram a 33 em 2015, contra 46 nos três primeiros meses do ano passado. “As estratégias estão sendo tomadas e as decisões estão sendo feitas nesse sentido. É lógico que isso (redução) não acontece de um momento para o outro. E a nossa expectativa é de, com essas medidas, reduzir drasticamente esses índices criminais.” Coronel Bianchini acredita que boa parte dos crimes violentos está relacionada ao tráfico de drogas e disse que o reforço do apoio das polícias Federal, Civil e Rodoviária Federal nesse combate aos entorpecentes é fundamental. “As drogas entram no estado pelas nossas rodovias, temos a maior malha rodoviária do país”, finalizou.

Fonte: Tribuna de Minas

Dois acidentes em Leopoldina deixam um morto e vários feridos

30/03/2015 10:33

Dois acidentes foram registrados pela Polícia Rodoviária Federal, no último sábado (28), na BR-116, em Leopoldina. Uma pessoa morreu e várias ficaram feridas.

Em um dos acidentes, ocorrido no começo da tarde, no local conhecido como “Bica D’água”, duas carretas, um carro e quatro motocicletas colidiram. Segundo a PRF, o condutor de uma Scania P360 A6X2, placas da Bahia, ao realizar uma curva para a direita, perdeu o controle da direção, vindo a colidir lateralmente com a carreta Mercedes Benz LS 1634, placas de Pernambuco, que transitava em sentido contrário, tombando na pista.

A carga da Scania ficou espalhada na rodovia e o veículo saiu da pista. Um automóvel Toyota Corolla, que seguia a carreta Mercedes Benz, colidiu com parte da carga e com a traseira da mesma. Quatro motocicletas que trafegavam na rodovia também se envolveram no acidente: duas colidiram com a carga derramada e caíram, as outras tentaram desviar e saíram da pista.

O condutor da motocicleta Yamaha Drag Star XVS 650, E.C.M.G., de 45 anos, morreu no local. A passageira da moto, de 36 anos, sofreu lesões graves. O condutor da motocicleta Yamaha XT 600E, de 28 anos, sofreu lesões leves. Os condutores das motocicletas Harley Davidson XL 883 e Honda CB 600F Hornet, que saíram da pista ao tentarem desviar da carga, sofreram lesões leves.

Acidente no trevo

Paralelamente, outro acidente foi registrado na pista central do Trevo que faz a ligação entre a BR-116 e a BR-267, em Leopoldina. Uma carreta que descia a Serra da Vileta tombou ao entrar no trevo e teve sua carga derramada no canteiro, complicando o fluxo de veículos naquele trecho da rodovia. A PRF esteve no local para controlar o trânsito.

Fonte: O Vigilante Online

Polícia Militar divulga resultados da “Operação Evidência”

30/03/2015 9:13

Major Gilmar Luciano da PMMG

A Polícia Militar de Minas Gerais apresentou, na sexta-feira (27), o balanço da “Operação Evidência”, realizada simultaneamente nos 853 municípios do Estado durante as 24 horas da quinta-feira (26). A atuação, que teve como foco a realização de blitzen, o cumprimento de mandados e diversas modalidades de ações policiais, alcançou excelentes resultados.

Com o objetivo de prevenir a criminalidade e reforçar a sensação de segurança, a “Evidência” teve como saldo principal o cumprimento de 507 mandados de prisão, busca e apreensão. Ao todo, 523 pessoas foram presas. Também foram apreendidos: 129 menores, R$ 60 mil, 20 kg d drogas e 190 armas – entre armas de fogo e brancas.

Cerca de 35 mil militares das 90 Unidades de Execução Operacional estiveram envolvidos em 24 horas de policiamento ostensivo. Esta foi a primeira vez na história da PMMG que toda a corporação atuou, ao mesmo tempo, em todas as cidades mineiras.

As cinco diretrizes da operação foram são: a Operação Cinturão nas estradas que fazem fronteiras com os estados RJ, ES, SP, BA e GO, focada no combate ao tráfico de drogas, comércio ilegal de armas e inspeção de veículos nas rodovias; Operação Incursão em Zonas Críticas, com militares presentes nos pontos mais perigosos das cidades mineiras; Operação Busca, Apreensão e Prisão, de cumprimento de mandados pendentes de busca, apreensão e prisão; Operação Batida Policial, de abordagem em pontos estratégicos para combate à prostituição, comércio ilegal de drogas e armas; e Operação Trânsito Urbano/Rodoviário, de controle de documentação e combate e prevenção de furto de veículos dentro das cidades e nas estradas.

Operação Evidência na área de atuação da 6ª Cia PM Independente – Leopoldina

* Cataguases – Quatro mandados de prisão foram cumpridos em Cataguases durante a operação. Policiais militares localizaram, nos bairros Santa Clara, Antônio Justino, Leonardo e Sol Nascente, C.S., 36 anos, L.C.S., 40 anos, M.H.M., 20 anos e P.H.A.A., 32 anos, procurados pela prática de furto e roubo e infração à Lei Maria da Penha.

Foram abordados nas ruas e estradas da área mais de 700 veículos, sendo apreendidos 22 por irregularidades, além de lavradas 64 AITs e recolhidas 11 carteiras de habilitação e dois CRLV. Também foram presos quatro homens por crimes diversos, incluindo um por embriaguez ao volante, e apreendidos uma espingarda calibre .36 de caça, uma munição de calibre .32, um tablete e 17 buchas de maconha e um pino de cocaína.

Participaram da Operação Evidência 133 policiais militares em 44 viaturas e quatro policiais civis em duas viaturas.

* Muriaé – O 47º Batalhão de Polícia Militar empregou, nesta operação, um efetivo de 59 policiais militares e 18 viaturas, em 22 intervenções em toda a área de comando deste batalhão. A coordenação da operação foi do Subcomandante da unidade, Major PM André Cotrim, e do Comandante da 76ª Cia PM, Capitão PM Sandro Josefino.

Foram apreendidos sete veículos, quatro armas de fogo – uma delas de posse com um dos adolescentes apreendidos; e as outras três na cidade de São Francisco do Glória. A operação resultou na prisão de quatro pessoas, na apreensão de dois menores, cumprimento de dois mandados de busca e apreensão. Também foram recuperados R$320,00 e apreendidos materiais usados em jogos de azar, sendo, ainda, lavrados 14 Autos de Infração de Trânsito.

A operação contou com o reforço da Aeronave Pégasus que auxiliou nas buscas aos menores que estavam envolvidos no roubo de duas motocicletas. Nesta ação, as duas motocicletas foram recuperadas, os dois menores foram apreendidos – um menor de 17 anos e outro de 13. O adolescente de 17 anos confessou  à equipe policial sua participação em um homicídio.

* Patrocínio do Muriaé – Entre as ações desenvolvidas, ressalta-se a prisão de uma quadrilha que praticava roubos na zona rural do 46º Batalhão/Patrocínio. Foram presas quatro pessoas e apreendidas duas armas de fogo e dois veículos, além da recuperados materiais e objetos furtados/roubados em propriedades rurais da localidade.

Outra cidades

* Viçosa – Foram cumpridos cinco mandados de busca e apreensão no bBairro Bela vista (Pintinho), onde foram apreendidos drogas, dinheiro, arma e vários matérias ilícitos. Seis pessoas foram presas. Materiais apreendidos: 122 buchas, um tablete de maconha, 108 pedras de crack, 125 papelotes de cocaína, R$ 3.814,00 em dinheiro, 01 pistola .40 com dois carregadores e 26 munições, 03 facas, computador, 01 radiocomunicador, celulares, joias e 06 presos.

* Juiz de Fora – Na 4ª região, que abrange Juiz de Fora e outros 21 municípios, foram apreendidos 125 papelotes de cocaína, 159 buchas de maconha, 108 pedras de crack, nove armas de fogo, diversas munições e mais de R$ 5 mil em dinheiro. Segundo o major da PM, Júlio César Assunção, 368 policiais militares participaram da operação na região.

No Campo das Vertentes, o crime mais registrado foi o de tráfico de drogas, de acordo com a PM de Barbacena. O major Rogério Santos afirmou que 17 pessoas foram presas e dois menores apreendidos. Foram cumpridos 34 mandados de busca e apreensão em que cinco armas de fogo e mais de 100 munições foram apreendidas. Participaram da operação mais de 600 policiais nos 61 municípios da 13ª região.

Fontes: Assessoria de Comunicação da 6ª Cia PM Independente – Leopoldina / O Vigilante Online / G1 / Viçosa News

Espetáculo “Paixão e Morte de Cristo” será encenado no dia 03

28/03/2015 10:16

O tradicional espetáculo “Paixão e Morte de Cristo” está confirmado para ser encenado, no dia 03 de abril, no jardim da Matriz São Paulo – mesmo local em que foi apresentado nos últimos dois anos, após “grande temporada” no Parque de exposições.

Mais uma vez, milhares de pessoas são aguardadas para assistir à encenação, que narra o calvário de Jesus, desde sua prisão no Monte das Oliveiras, após a Última Ceia com os apóstolos, até a sua morte na cruz.

Os ensaios do elenco que participa da apresentação estão a pleno vapor. Cerca de 80 pessoas, entre atores, padres, diretores, técnicos, montadores e músicos se dedicam ao projeto, que visa manter viva a história de Jesus, envolvendo o público em todos os momentos de “Sua Paixão”.

O espetáculo será apresentado na Sexta-Feira Santa, 03 de Abril, a partir das 19h, e conta com uma parceria entre as Paróquias São Paulo, Nossa Senhora Aparecida (Porto) e a Prefeitura.

Após a apresentação, cuja duração é de duas horas, será realizada a “Procissão do Senhor Morto”, com uma imagem de Jesus Cristo em tamanho real, seguindo em direção à Paróquia do Porto.